Após traições, Bruna Biancardi vai receber R$ 200 mil por mês, mas estaria proibida de falar mal do Neymar


Bruna Biancardi e Neymar Jr. (Foto: Reprodução, Instagram)
Bruna Biancardi e Neymar Jr. (Foto: Reprodução, Instagram)

Bruna Biancardi e Neymar Jr. fecharam acordo milionário após diversas traições e fim do relacionamento

Neymar e Bruna Biancardi viveram um relacionamento bem conturbado após a gravidez da influenciadora. Foram exposições, traições, polêmicas e todas essas situações culminaram com o fim do noivado.

Papais de Mavie, os dois decidiram colocar um fim da relação e para que ninguém saísse prejudicado, fecharam um acordo milionário. Esse ‘acerto’ teria sido feito e negociado com Neymar Pai, que é responsável pela carreira do jogador e cuida de muitas das suas questões pessoais.

Bruna Biancardi, Neymar e sua filha (Foto: Reprodução, Instagram)
Bruna Biancardi, Neymar e sua filha (Foto: Reprodução, Instagram)

A intenção do pai do Neymar é dar todo conforto necessário para a neta, Mavie, mas também preservar a imagem do filho, que vive se envolvendo em polêmicas e relações extraconjugais. Há várias cláusulas nesse acordo fechado entre o jogador e a influenciadora, a mais importante é a pensão de R$ 200 mil.

Além do dinheiro, Bruna Biancardi terá acesso a uma casa de luxo, carros blindados, babás e seguranças, tudo que for necessário para uma vida confortável, mesmo que não esteja dentro do acordo. Em troca, a moça terá que manter o silêncio.

O pai do jogador teria pedido que a ex-nora seja bem discreta sobre a relação dos dois e o fim do noivado, ou seja, não fique falando mal dele nas redes sociais e evite se pronunciar quando algo envolver Neymar Jr.

Neymar e esposa (Foto: Reprodução, Instagram)
Neymar e Bruna Biancardi (Foto: Reprodução/Instagram)

O que a família acha disso?

De acordo com informações exclusivas da Coluna do Sodré, do Correio Braziliense, a irmã e a mãe de Neymar acharam os valores algos e com muitas regalias. Elas teriam apontado que nem Davi Lucca gasta tanto, já que o primogênito recebe cerca de R$ 160 mil por mês de pensão.