Cantor famoso foi brutalmente atacado por fã, se recusou a ir ao hospital, e morreu dias depois


Cantor famoso foi brutalmente atacado por fã, se recusou a ir ao hospital, e morreu dias depois
Cantor famoso foi brutalmente atacado por fã, se recusou a ir ao hospital, e morreu dias depois (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)

Cantor famoso e muito amado pelos brasileiros teve uma morte estúpida após ser atacado de forma brutal por fã

A década de 60 foi considerada a era de ouro da música no Brasil. Entre tantos nomes lançados na época, temos o grande Roberto Carlos.

O que pouca gente sabe  é que outro cantor, que inclusive era muito comparado ao “rei” , Paulo Sérgio também teve sua glória na década e desde então foi decolando e emplacando cada vez mais.

Há alguns anos depois, quando atingiu o auge do sucesso, com mais de 10 milhões de vendas e nada menos que 13 discos gravador, o artista garantiu um contrato com a Band, onde se apresentava no “Clube do Bolinha”. Mas infelizmente, todo esse êxito foi interrompido por uma triste fatalidade.

Paulo Sérgio e o Édson Cury mais conhecido como "Bolinha" no programa "Clube do Bolinha" (Foto Reprodução/Youtube)
Paulo Sérgio e o Édson Cury mais conhecido como “Bolinha” no programa “Clube do Bolinha” (Foto Reprodução/Youtube)

Morte trágica

No dia 27 de julho de 1980, Paulo Sérgio estava a caminho da Tv Bandeirantes (Band), em São Paulo, para se apresentar no programa, que na época era comandado por Edson Cury. Após realizar a apresentação e cantar duas músicas, o famoso saiu do Teatro Bandeirantes, e foi aí que a tragédia aconteceu.

Uma mulher, que se dizia fã do vocalista, começou a xingá-lo e hostilizá-lo. Como tinha mais duas apresentações em circos naquele dia, ele acabou não ligando muito para a cena e entrou no carro para se encaminhar ao próximo compromisso.

A mulher, sem se dar por satisfeita, atirou uma pedra enorme no para-brisas do carro que atingiu com tudo a cabeça de Paulo Sérgio. Desnorteado, ele saiu do veículo para olhar os estragos, se recompôs e mesmo machucado voltou ao volante e foi até o local da próxima apresentação.

 Paulo Sérgio teve uma morte brutal e estúpida após ser atacado por uma fã (Foto Reprodução/Blogguer)
Paulo Sérgio teve uma morte brutal e estúpida após ser atacado por uma fã (Foto Reprodução/Blogguer)

Com muita dor de cabeça o cantor, ao invés de procurar ajuda médica, solicitou apenas analgésicos ao assistente pessoal, tomou dois de uma vez e conseguiu cumprir com a primeira apresentação.

Quando foi para a segunda, ele precisou encerrar na quinta música porque já estava passando muito mal. No camarim, desmaiou e foi levado às pressas para o  hospital.

Após uma transferência do extinto Hospital Piratininga, na zona sul de São Paulo, para o Hospital São Paulo, na região do Ibirapuera, os médicos contataram que o artista teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

No dia 29 de julho de 1980, Paulo Sérgio teve morte cerebral, com apenas 36 anos. Ele foi sepultado no cemitério do Caju, no Rio de Janeiro, a pedido dos pais dele. Assim como Roberto Carlos, o artista também nasceu no Espírito Santos e fez carreira em terras cariocas.

Registro do enterro do cantor Paulo Sérgio que contou com a presença de muitos fãs e amigos famosos da época (Foto Reprodução/Acervo Música Popular do Brasil)
Registro do enterro do cantor Paulo Sérgio que contou com a presença de muitos fãs e amigos famosos da época (Foto Reprodução/Acervo/ Música Popular do Brasil)
Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....