Cantora Ana Castela está na mira do Ministério Público e pode ter valores penhorados


Cantora Ana Castela (Foto: Reprodução, O Liberal)
Cantora Ana Castela (Foto: Reprodução, O Liberal)

Ana Castela e outros artistas sertanejos podem ter seus cachês penhorados após uma denúncia do Ministério Público; Saiba o motivo

cantora sertaneja Ana Castela está envolvida em uma grande polêmica com o Ministério Público Federal (MPF) depois da gravação de um projeto em parceria com a AgroPlay, empresa que cuida da sua carreira e a deu um dos seus maiores hits, “Nosso Quadro“, sucesso de reprodução nas plataformas de streaming.

Segundo informações do colunista Lucas Pasin, do UOL, o motivo da enroscada com o MPF se deve por causa de uma gravação do projeto AgroPlay Verão 2” realizado em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Liderado por Ana Castela, o projeto teria sido gravado em uma mansão com irregularidades.

Cantora Ana Castela (Foto: Reprodução, Globo)
Cantora Ana Castela (Foto: Reprodução, Globo)

Isso porque, segundo uma ação ajuizada pelo Ministério Público, o imóvel em questão teria sido construído de forma irregular em uma área de proteção ambiental. Por isso, a autoridade busca responsabilizar os envolvidos pela construção e exploração comercial do imóvel:

“O objetivo da ação é reparar os danos ambientais causados pela propriedade e pelo evento. A iniciativa também visa promover o debate público sobre governança e responsabilidade socioambiental (ESG) de artistas e produtores, na escolha dos locais para a realização de eventos”, diz o MPF na ação.

Ministério Público pede a retenção do cachê

Junto da denúncia, o Ministério Público Federal solicitou a suspensão da veiculação do conteúdo produzido no “AgroPlay Verão 2”. Além da retenção dos cachês recebidos pelas apresentações no local. Com a intenção de direcionar esses valores para projetos de recuperação ambiental. Também requer a condenação dos artistas e produtores. Além de compartilhar informações sobre a importância do patrimônio ambiental protegido pela Área de Proteção Ambiental (APA) Tamoios em suas redes sociais. 

Ana Castela no criança esperança (Foto: Reprodução, Globo)
Ana Castela no criança esperança (Foto: Reprodução, Globo)

“Esses danos incluem a destruição da vegetação nativa, prejuízos à fauna e à flora, impermeabilização do solo e impedimento da regeneração natural da mata. Além disso, um laudo pericial datado de 2017 constatou a privatização da praia, restringindo o acesso da população a um bem público e de uso comum”, diz por fim.

Além disso, um laudo pericial de 2017 constatou a privatização da praia, limitando o acesso da população a um bem público e de uso comum. O “AgroPlay Verão 2” contou com a participação de vários artistas convidados, incluindo LudmillaKVSHLucas MedeirosLuan Pereira e a dupla Guilherme e Benuto