Descubra quem Carlos Alberto de Nóbrega já chegou a eleger como seu sucessor na Praça


Carlos Alberto de Nóbrega comanda A Praça é Nossa. (Foto: reprodução)
Carlos Alberto de Nóbrega comanda A Praça é Nossa. (Foto: reprodução)

Carlos Alberto de Nóbrega chegou a eleger um sucessor

Carlos Alberto de Nóbrega é um dos apresentadores mais experientes da televisão brasileira, estando à frente de A Praça é Nossa no SBT desde 1987. Porém, com a idade avançada do famoso, muitos já começam a especular quem será o seu sucessor no banco da praça nos próximos anos, se é que haverá algum.

Vale dizer que, caso Carlos Alberto eleja alguém para substituí-lo futuramente, essa pessoa não será a primeira “herdeira” do banco. Para quem não sabe, o formato do humorístico foi criado e apresentado originalmente pelo pai de Carlos Alberto, Manuel de Nóbrega, ainda nos anos 1950, e passou a ser comandado pelo filho no final dos anos 1980.

Naturalmente, o nome escolhido, até para seguir essa “sucessão familiar” do programa, seria o filho de Carlos Alberto, Marcelo de Nóbrega, que é diretor da Praça é Nossa, e que já chegou a apresentar a atração em outras versões.

Carlos Alberto ao lado do filho, Marcelo de Nóbrega em A Praça é Nossa. (Foto: Reprodução)
Carlos Alberto ao lado do filho, Marcelo de Nóbrega em A Praça é Nossa. (Foto: Reprodução)

Apresentador elegeu o filho como seu sucessor, mas voltou atrás

Em 2016, Carlos Alberto de Nóbrega chegou a responder uma brincadeira do filho e sugerir que ele realmente seria o seu sucessor, mas que isso ainda levaria um bom tempo para acontecer. Porém, em 2020, em entrevista ao Conversa com Bial, da Globo, o veterano surpreendeu ao afirmar que não quer que Marcelo assuma a apresentação da Praça.

Não apenas isso: o apresentador deixou claro que não consegue imaginar o futuro do programa, mesmo nos próximos anos, e que ao deixar o banco pela última vez, o programa do SBT deverá ser encerrado, sem a chance de haver algum sucessor. “Não imagino A Praça nem daqui a cinco anos. A Praça acaba comigo. Seria desejar um mal enorme para o Marcelo passar por tudo que eu passei”.