Cássia Kis já recriminou o moralismo em folhetins : “Gosto de ver gente pel@da”


a atriz já foi bem menos conservadora do que hoje (Foto Reprodução/Internet)
Cássia Kis já foi bem menos conservadora do que hoje (Foto Reprodução/Internet)

Cássia Kis já foi bem diferente no passado e bem menos conservadora

A atriz Cássia Kis andou se envolvendo em uma polêmica atrás da outra, sendo por suas declarações homofóbicas, seja pela sua participação em manifestações antidemocráticas, ela está sendo alvo de críticas pelos seus colegas de elenco em “Travessia” e por demais integrantes da emissora da Globo.

Cássia Kis como "Cidália" em "Travessia" (Foto Reprodução/Internet)
Cássia Kis como “Cidália” em “Travessia” (Foto Reprodução/Internet)

Mas vocês sabiam que ela já foi bem menos conservadora? Pois é, a artista de hoje nem de longe lembra a pessoa, que um dia, chegou a fazer declarações do tipo “que adorava ver gente pelada” e criticava o moralismo nas novelas.

Afrontando a Globo

Cássia Kis ultimamente anda confrontando a Globo de maneira constante, por declarar apoio a um possível golpe militar, ela esteve em mais um protesto realizado a pouco tempo, no feriado da “Proclamação da República”

+Claudia Rodrigues escolheu essa pessoa como o grande amor dela e agora já sabemos o motivo

Alguns vídeos viralizados, inclusive alguns divulgados pelo jornalista Gabriel Vaquer e obtidos pelo site “Notícias da Tv”, mostravam claramente a atriz sendo cumprimentada por bolsonaristas na avenida “Presidente Vargas” no centro do Rio de Janeiro.

Cássia Kis sendo flagrada nas manifestações (Foto Reprodução/Veja São Paulo)
Cássia Kis sendo flagrada nas manifestações (Foto Reprodução/Veja São Paulo)

A atriz inclusive foi super aclamada pelos manifestantes, que a consideram um grande exemplo para a luta. Outro ator que também endossou a manifestação, foi o ator Victor Fasano.

Cássia Kis do passado

Quem vê a atriz tendo esse tipo de comportamento, nem sequer imagina, que um dia ela pensava bem diferente. No inicio da década de 90, a atriz estava no auge, após se consagrar como “Maria Marruá” na primeira versão de “Pantanal”, na findada Tv Manchete.

Cássia Kis como "Maria Marruá" e Cristiana Oliveira como Juma em "Pantanal" (Foto Reprodução/Internet)
Cássia Kis como “Maria Marruá” e Cristiana Oliveira como Juma em “Pantanal” (Foto Reprodução/Internet)

Até por isso, ainda naquele mesmo ano, ela foi chamada para ingressar na novela da Globo “Barriga de Aluguel”, de Glória Perez, na qual viveu a jogadora de vôlei Ana, inclusive era a protagonista da trama.

A atriz analisou, na época, que o sucesso de “Pantanal” foi responsável por induzir a Globo a apostar em uma nova linguagem em suas novelas. Para a atriz, “Barriga de Aluguel” estava apostando em cenas mais “despudoradas” e pouco comuns para uma novela das seis. Principalmente nas cenas aonde contracenava com Victor Fasano:

“Duas coisas que eu gosto: ficar pel@da e ver gente pel@da. E fazer cenas de amor com ele é uma delícia” – Disparou ela

Cássia Kis e Victor Fasano em "Barriga de Aluguel" (Foto Reprodução/Internet)
Cássia Kis e Victor Fasano em “Barriga de Aluguel” (Foto Reprodução/Internet)
Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....