Você sabia? Chocolate com Pimenta quase foi barrada por ser apimentada demais para horário


Parte do elenco de Chocolate Com Pimenta
Parte do elenco de Chocolate Com Pimenta (Foto: TV Globo)

Conflito entre Globo e Ministério da Justiça marcou estreia de “Chocolate com Pimenta”

No ano marcante de 2003, um conflito emergiu entre a Globo e o Ministério da Justiça. A controvérsia girava em torno da futura novela das 18h da emissora carioca, “Chocolate com Pimenta”, que o Ministério via como excessivamente sexualizada para o horário previsto.

+ Ator de Travessia foi vítima de golpe e acabou se dando mal: “O Brasil não é para amadores”

Antevendo problemas, a Globo procedeu a algumas adaptações na novela. Entretanto, a um mês da estreia, o canal de televisão enfrentou a proibição de transmitir a trama antes das 20h. O motivo residia na reclassificação da novela pelo Ministério como inadequada para menores de 12 anos, alegando “desvirtuamento moderado de valores éticos e conflitos psicológicos atenuados”.

Em abril, o mês de estreia, a novela havia recebido uma classificação de “livre para todos os públicos”. Entretanto, o autor Walcyr Carrasco alterou o roteiro – que necessita de aprovação das autoridades estaduais – e a nova sinopse causou o tumulto. A Globo manifestou sua intenção de recorrer da decisão.

+ Cissa Guimarães não se calou e deu a volta por cima após demissão: “Patrícia Poeta ganhava 3 vezes mais”

Questionado sobre a situação, Carrasco mostrou-se perplexo: “Não entendo. A personagem ficou mais romântica e ingênua”. O que exacerbou a frustração da emissora foi a classificação “livre” atribuída a vários “programas sensacionalistas” de outras redes de televisão.

Mudança na trama

Alguns dias depois, a Folha de São Paulo revelou que a novela estava liberada para ser exibida no horário das 18h. O motivo apresentado foi que a Globo havia esclarecido que a concepção da obra não causaria nenhum prejuízo ao horário livre.

No precipício da estreia, O Globo publicou uma declaração de Marina Oliveira, então assessora de comunicação da Secretaria Nacional de Justiça. Oliveira esclareceu que a sinopse inicial, que não foi aprovada, era considerada “mais apimentada”. A versão final, que foi aprovada, tornou o perfil da personagem mais adequado para o horário.

O autor Walcy Carrasco (Foto: Globo/Estevam Avellar)
O autor Walcy Carrasco (Foto: Globo/Estevam Avellar)

Autor falou sobre o novo rumo da novela

Walcyr Carrasco, conversando com O Estado de S. Paulo, indicou que a novela tomou um novo rumo quando ele começou a escrever. As mudanças incluíram a introdução de Sebastian, um vigarista com o objetivo de conquistar a personagem Ana Francisca.

+ Autor se recusa a trabalhar com atriz de “A Grande Família” e detonou ao expor motivo: “Chata pra caramba”

Ele comentou ainda sobre a personagem Olga, afirmando que inicialmente ela seria mais ingênua, mas Priscila Fantin trouxe um toque de antagonismo ao papel. A atuação de Fantin deu um novo sabor ao papel, ainda que o texto original não tivesse sofrido alterações.

Apesar dos obstáculos iniciais, “Chocolate com Pimenta” se transformou em um grande sucesso. De fato, entre as novelas da década de 2000, apenas “Alma Gêmea”, do mesmo autor, superou sua audiência.

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.