Claudio Heinrich, eterno Tatuapu de Uga Uga, recorda nudez na novela e declara: “Bem financeiramente por causa d…”


Claudio Heinrich
Claudio Heinrich (Foto: Reprodução/Globo)

Claudio Heinrich comenta a volta da novela Uga Uga

O Globoplay aos poucos está preenchendo o seu acervo com as mais diversas novelas da Globo. Agora entre o catálogo o assinante encontrará “Uga Uga“, trama que colocou Claudio Heinrich e evidência para o Brasil.

A novela foi exibida nos anos 2000 e trazia Tatuapu, um jovem que foi criado entre os indígenas, mas que ao ser reencontrado é levado para a cidade grande. Na ocasião foi apostado pela emissora um visual bem chamativo para o personagem.

Afinal de contas, Claudio chegava a gravar apenas com uma tanga e pinturas em seu corpo. Em entrevista para o jornal Extra, o ator revelou: “Os fãs cobravam a volta de “Uga uga”. Assisti ao primeiro capítulo. Na época, gravava muito e não conseguia acompanhar pela TV“.

Claudio Heinrich
Claudio Heinrich (Foto: Reprodução/Instagram)

“Dava muito trabalho aquela maquiagem. Demorava mais de uma hora pra ficar pronta e mais uma hora pra tirar. Nossa intenção era não sexualizar o personagem. Ele é ingênuo apesar de estar peladão. Eu já tinha ficado nu em cena de sexo, mas não aparecia nada.”, disse o ator que atualmente tem 50 anos.

Além de ser ator, Claudio passou a ser professor particular de jiu-jítsu ao longo do tempo. Fora a volta de Uga Uga, os fãs de Heinrich poderão ver ele atuando em dois filmes que serão lançados: “War and Peace” e “Socorro”.

Para o Extra, Claudio Heinrich ainda respondeu se voltaria a fazer novelas.

“Adoro fazer novela e não tenho a síndrome de protagonista. Quero ser chamado para bons personagens. Fiz o canal no YouTube para matar as saudades dos fãs e ter uma outra fonte de renda. Mas até hoje estou bem financeiramente por causa de “Uga uga”. Gravei muitos comerciais na época e aprendi a não gastar tudo”, ressaltou.

Claudio Heinrich como protagonista de Uga Uga (Foto: Reprodução)