Como está a Estelinha de Chocolate com Pimenta? Tente não se surpreender ao ver a transformação


Marcela Barroso como a Estelinha de Chocolate com Pimenta. (Foto: reprodução)
Marcela Barroso como a Estelinha de Chocolate com Pimenta. (Foto: reprodução)

Marcela Barrozo deu vida à pequena Estelinha em Chocolate com Pimenta

Marcela Barrozo, que interpretou Estelinha em Chocolate com Pimenta, é um dos atores mirins que ganharam destaque na novela e ainda são lembrados pelo público. No entanto, após 20 anos, ela passou por uma grande transformação.

Aos 30 anos, Marcela deixou a carreira de atriz de lado e agora investe na carreira de influenciadora digital, divulgando marcas em suas redes sociais. A mudança mais notável em relação aos tempos de Estelinha é o seu corpo, que passou por uma transformação com reeducação alimentar, tornando-a um verdadeiro mulherão.

Embora pareça estar bem em suas redes sociais, a falta de oportunidades na carreira de atriz tem forçado Marcela a buscar outras alternativas para se sustentar. Em um desabafo recente, ela revelou que decidiu estudar Odontologia como uma opção de “plano B” para complementar sua renda, já que tem sido difícil conseguir trabalho como atriz.

Marcela Barrozo atualmente. (Foto: reprodução)
Marcela Barrozo atualmente. (Foto: reprodução)

Atriz quer voltar à atuar com frequência na TV

“Sempre emendei uma novela atrás da outra desde nova. Com o passar dos anos, tem sido mais difícil conseguir trabalho, então decidi fazer o curso de Odontologia. Nunca me vi fazendo outra coisa sem ser atuando, mas a gente precisa trabalhar. Odeio ficar em casa esperando alguma coisa cair do céu. É um plano B”, afirmou.

Veja também: Ex-ator da Globo teve prisão decretada e ameaçou abandonar carreira: “Não aguento mais”

No entanto, Marcela deixa claro que sua prioridade é continuar atuando, e que a graduação em Odontologia é apenas uma opção para garantir seu sustento enquanto a carreira de atriz não deslancha novamente. “Essa é a minha prioridade. Agora que os trabalhos estão ficando mais escassos, para eu poder ter uma outra profissão e meu sustento, preciso ter essa graduação, não tem jeito”, explicou.