Conheça a novela que iniciou na TV Tupi e foi finalizada na Band


Novela começo na TV Tupi e foi finalizada na Band (Foto: Reprodução)
Novela começo na TV Tupi e foi finalizada na Band; Carlos Alberto Riccelli e Bruna Lombardi estiveram na trama (Foto: Reprodução)

A crise na extinta emissora impediu a exibição de obra, tendo sido finalizada na Band

Drácula foi uma telenovela de história peculiar. A obra foi produzida pela extinta TV Tupi onde começou a ser exibida. O final da trama, entretanto, foi não só transmitido, como também adaptado, pela Band.

+ Milton Neves alegou que colega da Band estava fora de controle durante briga ao vivo vazada

A Tupi estava com muitas dívidas e seus funcionários estavam em greve. Ainda assim, a emissora decidiu planejar a exibição de dois produtos: as novelas Drácula e Maria de Nazaré. Da primeira obra, ainda se conseguiu colocar na TV quatro capítulos. Da segunda, nem isto.

Trecho da abertura de Drácula na TV Tupi (Foto: Reprodução)
Trecho da abertura de Drácula na TV Tupi (Foto: Reprodução)

História da obra e greves

A trama girava em torno de três personagens: Vladimir (Rubens de Falco), Rafael (Carlos Alberto Riccelli) e Mariana (Bruna Lombardi). O primeiro era o Conde Drácula, o segundo seu filho e a terceira a esposa de Rafael. Na história, Vladimir chega da Transilvânia com o intuito de encontrar seu filho e se apaixona pela esposa dele.

A ideia de fazer uma novela sobre o Conde Drácula veio do diretor Walter Avancini, no momento em que ele viu que o personagem de Frank Langella fez sucesso na Broadway. Rubens Ewald Filho escreveu o produto.

As intensas greves da emissora tiveram como resultado o fechamento dela no mesmo ano, em 18 de julho de 1980. No dia 25 de janeiro de 1980, os artistas, técnicos e jornalistas da TV Tupi resolveram entrar em greve e, enquanto se reuniam para conversar sobre a manifestação, o diretor do núcleo de novelas, Antônio Abujamra suspendeu as gravações.

Trecho de reportagem da época sobre a novela (Foto: Reprodução)
Trecho de reportagem da época sobre a novela (Foto: Reprodução)

A greve se expandiu para a filial do Rio de Janeiro e, após alguns dias, se falou, na Folha de S. Paulo, que a TV Tupi, além de não ter o que exibir, tinha medo de que Drácula fosse retirada do ar.

Sem saída, a emissora reprisou os pouquíssimos capítulos da obra que haviam sido exibidos até então, visto que não tinha mais como gravar novos episódios. A emissora encontrou como solução reprisar antigas novelas de sucesso.

Exibição na Band

No começo de julho, a Band anunciou que iria realizar nova versão de Drácula. Esta se chamaria Um Homem Muito Especial e seria composta por, praticamente, o mesmo elenco e a mesma direção e supervisão.

A obra estreou poucos dias depois do fechamento da TV Tupi e durou até fevereiro de 1981. Carlos Alberto Riccelli e Bruna Lombardi deixaram a novela antes do fim e migraram para a Globo.

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.