Deborah Secco faz confissão enquanto luta contra doença incurável: “Danifica muito”


Atriz Deborah Secco (Foto: Reprodução)
Atriz Deborah Secco (Foto: Reprodução)

Atriz Deborah Secco desabafou após confirmar o diagnóstico de doença genética que ainda não possui cura.

Neste dia de terça-feira, 20, Deborah Secco compartilhou abertamente seu diagnóstico de uma condição genética chamada alopecia, que se manifesta através da perda de cabelo. A atriz comentou em entrevista ao portal Gshow a respeito de sua situação e como enfrenta essa enfermidade. ” “Eu tenho alopecia androgenética, eu tenho um pouco de cabelo e um cabelo bem fininho, quase de bebê. Isso sempre foi uma questão pra mim. Com a minha profissão eu tive que pintar o cabelo, colocar megahair… E isso danifica muito o cabelo”, declarou a artista.

A protagonista da novela “Segundo Sol” também compartilhou informações sobre o tratamento que tem seguido: “Eu tinha falhas, eu tinha pouco cabelo, você conseguia enxergar meu couro cabeludo muito facilmente. [Após o tratamento] ele encheu muito, a qualidade do fio é outra. Eu acho transformador”.

Atriz Deborah Secco (Foto: Reprodução, Instagram)

“Eu já tingi muito o couro cabeludo, cheguei a tatuar o couro cabeludo, fiz micropigmentação, eu tinha realmente uma questão pela demanda profissional, do meu cabelo de fato não aguentar todas as transformações que eu preciso fazer profissionalmente”, comentou Deborah a respeito das demandas que sua profissão impõe em relação aos cabelos.

O tratamento

A musa ainda mencionou os benefícios do tratamento: “Hoje é outra vida. Claro que tratando sempre e me dedicando assiduamente ao tratamento”. A médica de Deborah, Carla Nogueira, também discutiu o assunto com o portal: “Na Deborah, usamos a intradermoterapia capilar, com associação de ativos em mesclas aplicados diretamente no couro cabeludo. E o plasma, que realizamos como parte da nossa terapia regenerativa, pela capacidade de formar novos vasos sanguíneos e melhorar a irrigação capilar” ,”Ela também tem uma rotina em casa, definida após a realização de um teste genético que avaliou os melhores medicamentos para usarmos no tratamento dela. 

Deborah Secco no programa Domingão (Foto: Reprodução/Globo)
Deborah Secco no programa Domingão (Foto: Reprodução/Globo)

Esse tratamento domiciliar é realizado com medicamentos, vitaminas e loções que vamos ajustando para termos melhores resultados”, acrescentou a profissional.