Decidido: Globo bate o martelo e vai reprisar novela sucesso de 24 anos atrás


Novela da Globo Andando nas Nuvens (Foto: Reprodução, Globo)
Novela da Globo Andando nas Nuvens (Foto: Reprodução, Globo)

Rede Globo surpreende todos e escolha novela  de 24 anos atrás que que foi um grande sucesso, para ser reprisada

Atualmente a Globo está exibindo “Corpo Dourado” no canal Viva.  Na trama, Selena e Camila, sua mãe, têm jeitos parecidos de lidar com as adversidades da vida. No entanto, o estilo bruto de Selena não é empecilho para que o delegado Chico mexa com seus sentimentos, mostrando o lado romântico que o chapéu e a fivela escondem.

Acontece que a novela está perto de seus capítulos finais, então uma substituta se faz necessária. A novela Andando nas Nuvens, exibida em 1999 e nunca reprisada, está nos planos do Canal Viva para 2024. A produção estrelada por Marco Nanini substitui Corpo Dourado (1998) – no ar às 13h, com reapresentação à 1h15 e maratona nas manhãs de domingo. Consultado, o canal ainda não se pronunciou a respeito.

Elenco da Novela da Globo Andando nas Nuvens (Foto: Reprodução, Globo)
Elenco da Novela da Globo Andando nas Nuvens (Foto: Reprodução, Globo)

Andando nas Nuvens retrata o despertar de Otávio Montana (Nanini) e o reencontro dele com as filhas Júlia (Debora Bloch), Elizabeth (Vivianne Pasmanter) e Celi (Mariana Ximenes). O herdeiro do jornal Correio Carioca passou 18 anos em estado de encefalite letárgica, a “doença do sono”. Confuso, o protagonista não consegue se lembrar das próprias filhas e de detalhes da noite em que o pai foi assassinado – Otávio lutou contra o criminoso e acabou despencando de uma sacada, o que desencadeou o distúrbio.

A “ausência” dele por quase duas décadas beneficiou Antônio San Marino (Cláudio Marzo), tipo inescrupuloso que assumiu o comando do jornal. Casado com Gonçala (Susana Vieira), San Marino perde o eixo diante da recuperação do inimigo e da volta de Eva (Renata Sorrah), amante dele e esposa de Montana, que todos julgavam morta.

Quando vai ser reprisada?

Salvo alterações de última hora, Andando nas Nuvens estreia no Viva em 22 de janeiro. No próximo dia 27, América (2005) substitui Senhora do Destino (2004) às 22h50. Na segunda-feira seguinte (4), Direito de Amar (1987) ocupa a vaga de O Sexo dos Anjos (1989), 14h40.

Novela da Globo Andando nas Nuvens (Foto: Reprodução, Globo)
Novela da Globo Andando nas Nuvens (Foto: Reprodução, Globo)

A coluna tentou, mas não descobriu a sucessora de Escrito nas Estrelas (2010), às 15h30. Contudo, o folhetim de Elizabeth Jhin chega ao fim em 29 de dezembro. Além disso, História de Amor (1995), em reapresentação na faixa dedicada ao autor Manoel Carlos, 12h, será encerrada apenas em abril do ano que vem.