Demitido? Chefão da Globo bate o martelo e veta Tadeu Schmidt da emissora: “Não volta nunca mais”


Tadeu Schmidt (Foto: Reprodução, Globo)
Tadeu Schmidt (Foto: Reprodução, Globo)

Durante entrevista ao podcast Flow, apresentador Tadeu Schmidt contou o que ouviu de Chefão da Globo

Com trabalhos de sucesso na Globo, Tadeu Schmidt passou por grande reviravolta na emissora e contou tudo durante entrevista ao podcast Flow. Na última segunda-feira (10), o apresentador concedeu entrevista ao canal no YouTube, revelou que foi vetado na Globo e contou o que ouviu da boca de Ali Kamel.

Após apresentar o Fantástico, Tadeu Schmidt recebeu convite para comandar o Big Brother Brasil e precisou tomar uma séria decisão. Ao aceitar a proposta, Tadeu acabou perdeu oportunidades de trabalhar como jornalista no canal. Então foi comunicado por chefão da emissora, que bateu o martelo.

Tadeu Schmidt (Foto: Reprodução/Globo)
Tadeu Schmidt (Foto: Reprodução/Globo)

Tadeu Schmidt abriu o jogo e revelou conversa decisiva que teve com chefão da Globo antes de fechar contrato para apresentar o Big Brother Brasil. Em bate-papo no podcast Flow, o apresentador contou em detalhes a respeito da transição que fez na emissora. “O Ali Kamel me falou: ‘Você está indo embora e não volta nunca mais, né?”, disse o comunicador ao reproduzir o que ouviu na ocasião.

Detalhes sobre o veto

Contudo, antes de bater o martelo, Ali Kamel explicou que quem trabalha com merchandising e faz propaganda no entretenimento da Globo não pode mais voltar para o jornalismo da emissora. Mesmo diante do veto como jornalista, Tadeu Schmidt aceitou o novo desafiou e passou a apresentar o Big Brother Brasil.

Tadeu Schmidt comanda o BBB na Globo. (Foto: reprodução/Globo)
Tadeu Schmidt comanda o BBB na Globo. (Foto: reprodução/Globo)

Além disso, ainda durante entrevista, Tadeu explicou melhor o veto que recebeu na Globo. “O jornalista da Globo não pode se envolver com nenhuma marca”, frisou o apresentador por fim, exemplificando que se fizesse propaganda de uma água e houvesse um escândalo da marca ficaria complicado para dar a notícia como jornalista.