Demitido da Globo, parceiro de Jô Soares entrou em depressão antes de morrer


Jô Soares sofreu um dos maiores traumas de sua vida (Foto Reprodução/Internet)
Jô Soares sofreu um dos maiores traumas de sua vida (Foto Reprodução/Internet)

Jô Soares foi quem ajudou a revelar o músico para o grande público da Globo

Jô Soares querendo ou não se tornou uma referência em tudo o que se propôs a fazer. Sucesso como humorista, Jô quando resolveu investir em seu lado comunicativo virou apresentador e assim criou a maior memória de seu público. Pessoas tinham a vontade de ser entrevistado por ele em seus programas.

Um fato sobre Jô Soares Onze e Meia e o Programa do Jô foi o bom gosto musical. Os músicos viraram parceiros do apresentador e entre eles é possível destacar Ubirajara Penacho, ou melhor, Bira.

+ Ator de Pantanal revisita passado doloroso e revela: “Eu fui estuprado”

Nascido na Bahia, Bira desde muito novo se apaixonou pela música e a transformou no combustível para sua carreira. Na TV ele estreou mesmo foi no programa do Chacrinha após se mudar para São Paulo, logo ingressou em orquestras e foi aí que foi parar no SBT.

Na ocasião Silvio Santos fazia vários programas musicais e queria ter em todos bandas tocando de verdade sob o comando dos maestros Oscar Milani e Zezinho. Show de Calouros e Qual é a Música são exemplos. Bira fez parte desses programas ao menos até Jô estrear seu primeiro talk show.

Jô Onze e Meia tinham músicos e Bira estava entre eles, o que o fez se destacar foi sua sonora gargalhada que surgia quando ele não aguentava alguma piada de Jô. Bira era como um representante da plateia no meio do palco. O formato deu tão certo que quando Jô foi para a Globo, ele levou seus músicos.

Tudo foi bem por anos até que em 2016 a Globo decidiu acabar com o programa do Jô. Portanto, todos envolvidos estavam demitidos assim como o apresentador.

+ Apresentadora famosa, após experiência sobrenatural, recebeu uma notícia estarrecedora: “Fiquei gelada”

Um dos músicos, Derico, foi ao podcast Ticaracaticast e revelou que após a demissão da Globo, Bira ficou depressivo, pois não estava preparado.

“O Bira não acreditou no fim, mesmo depois do programa ter acabado. Ele achava que um dia poderia voltar. O Bira vivia aquilo de fato, e ele entrou em depressão. Ele poderia ter guardado uma grana, ter pensado o que fazer depois, mas não deu”, revelou.

3 anos após o fim do programa, Bira foi internado após passar mal e terminou falecendo depois de um AVC.

Bira, morreu vitima de um AVC (Foto Reprodução/Internet)