Desiludido com a profissão, galã foi esquecido pela Globo e hoje implora por nova chance: “Me chamem”


Marcelo Picchi não recebeu novas oportunidades na Globo. (Foto: reprodução)
Marcelo Picchi não recebeu novas oportunidades na Globo. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)

Marcelo Picchi chegou a admitir que estava desiludido com a profissão de ator na Globo, mas hoje luta por nova oportunidade na TV

Marcelo Picchi já foi considerado um dos principais galãs de novelas da Globo nos anos 1970 e 1980, emplacando uma série de trabalhos em diversos folhetins da emissora, mas hoje vive uma situação bem distinta.

O ator estreou na Globo em 1975, e logo se firmou como uma das grandes estrelas do canal carioca, participando de produções como O Casarão (1976), Coração Alado (1980), Ciranda de Pedra (1981), O Homem Proibido (1982), Corpo a Corpo (1984), Fera Radical (1988) e Que Rei Sou Eu? (1989).

Em 1992, no entanto, o ator enfrentou um momento inusitado, que chegou a expor publicamente: ele estava desiludido com a profissão, após 22 anos de carreira. “Apesar de conseguir sobreviver dela, percebo que está difícil trabalhar. Não tenho me empolgado por nenhum papel em teatro e como não posso assumir sozinho a produção de uma peça, prefiro me resguardar”, disparou.

Antes e depois de Marcelo Picchi. (Foto: reprodução)
Antes e depois de Marcelo Picchi. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)

Ator pede nova oportunidade na TV

Na época, Marcelo Picchi estava no ar na novela De Corpo e Alma, onde dava vida ao personagem Atílio, mas vivia tamanho descontentamento, que chegou a pedir para deixar a trama da Globo.

“Ainda bem, pois eu já estava chateado com a insignificância do papel que cheguei a pedir para sair da novela”, desabafou o ator. “Com um papel tão pouco envolvente fica difícil criar, mas acredito que consegui reverter esta situação”, completou.

Depois disso, o ator passou a fazer apenas pequenas participações em séries e novelas, seja na Globo, SBT e na extinta TV Manchete. E hoje, aos 74 anos, Marcelo está afastado da TV desde 2017, quando participou da série TOC’s de Dalila, no Multishow, e pede uma nova chance na telinha.

Marcelo Picchi ao lado seu filho. (Foto: reprodução/Instagram)
Marcelo Picchi ao lado seu filho. (Foto: reprodução/Instagram)

“Teatro é muito caro, meu filho e eu montamos esse espetáculo sem patrocínio, juntando os nossos caraminguás. Não é do teatro que vou tirar o meu sustento. Esse é um alô que eu dou para os produtores de elenco: Me chamem. O velho tem que trabalhar”, pediu o ator, que não entende a razão pela qual deixou de receber convites para novos trabalhos.