Luto: A triste despedida de querida atriz de “Paraíso Tropical” que se foi após passar por cirurgia

15/03/2024 às 19h57

Por: Bruna Alves
Imagem PreCarregada
Atriz em cena da novela. (Foto: reprodução, Globo)

Saiba o que aconteceu com atriz que brilhou em diversos sucessos globais e está na novela Paraíso Tropical

Yoná Magalhães (1935-2015), uma das notáveis atrizes da dramaturgia brasileira, e esteve na reprise de Paraíso Tropical (2007) no Vale a Pena Ver de Novo.

A narrativa criada por Gilberto Braga e Ricardo Linhares foi a despedida da atriz das telenovelas das oito da Globo, horário em que se destacou em vários sucessos.

A atriz começou sua trajetória na rádio e na TV Tupi ainda nos anos 1950. Sua entrada na Globo ocorreu apenas 15 anos depois, em 1965, quando se tornou a pioneira protagonista do canal recém-inaugurado.

Na emissora, Yoná participou de produções como Eu Adquiro Esta Mulher (1966), O Sheik de Agadir (1966) e O Indivíduo Proibido (1968). Ela chegou a retornar para a Tupi no início dos anos 1970, mas logo voltou para a Globo.

De volta ao canal carioca, atuou em novelas como O Semideus (1973), Corrida do Ouro (1974) e Saramandaia (1976). Mais tarde, passou por emissoras como Tupi, onde participou de Gaivotas (1979), e na Bandeirantes, fazendo parte do elenco de Os Imigrantes (1981).

Veja também

O novo regresso à emissora carioca ocorreu em Amor com Amor se Paga (1984), seguindo com trabalhos em produções como Roque Santeiro (1985), A Próxima Vítima (1995), e As Filhas da Mãe (2001), entre outros.

Hugo Carvana e Yoná Magalhães em Paraíso Tropical (Foto: reprodução/Globo)
Hugo Carvana e Yoná Magalhães em Paraíso Tropical (Foto: reprodução/Globo)

A artista fez parte do elenco de produções de sucesso

Ademais, no momento, Yoná Magalhães está sendo exibida em Paraíso Tropical, sua última telenovela das oito.

Contudo, na história de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, ela interpreta Virgínia, uma mulher de forma esbelta, cobiçada por outras mulheres de sua idade. Ela reside com a neta Gilda (Luli Miller) e o marido Belisário (Hugo Carvana), pai do influente Antenor Cavalcanti (Tony Ramos).

Assim, o longo da trama, Virgínia enfrenta um confronto com Iracema (Daisy Lúcidi) e vive uma rotina de “jogo do gato e do rato” com a administradora do Copamar, edifício para onde se muda com o marido. As duas passam a novela se confrontando e protagonizando situações hilárias.

Dessa forma, depois de Paraíso Tropical, Yoná participou de outras telenovelas, porém nos horários das seis e das sete. Tambem, ela fez parte do elenco de produções como Negócio da China (2008) e Cama de Gato (2010), além de aparições em algumas séries.

Por fim, a última telenovela em que a atriz atuou foi Sangue Bom, em 2013. Yoná Magalhães faleceu em 20 de outubro de 2015, devido a problemas cardíacos e complicações após uma cirurgia.

Yoná Magalhães. (Foto: reprodução, internet)
Yoná Magalhães. (Foto: reprodução, internet)

Autor(a):

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.