Disputa polêmica entre Belo e Denílson: processo tem desfecho oficial após 23 anos; saiba qual


Cantor Belo e ex-jogador Denilson (Foto: Reprodução/Montagem/Fatos da TV)
Cantor Belo e ex-jogador Denilson (Foto: Reprodução/Montagem/Fatos da TV)

23 anos de disputa entre Belo e Denílson culminam em uma decisão oficial. Descubra o resultado

A longa disputa judicial entre o cantor Belo e o comentarista Denílson chegou ao fim após 23 anos. A Justiça oficializou a decisão, homologando o acordo entre as partes e encerrando o processo que se prolongou por mais de duas décadas. Essa resolução foi inicialmente reportada pelo “UOL”.

+ Destino de Rachel Sheherazade é selado na Record após sucesso estrondoso em A Fazenda 15

O juiz Carlo Mazza Britto Melfi publicou a sentença na quarta-feira (8), declarando extinto o processo. A conclusão ocorreu após a defesa de Denílson anexar ao processo o acordo realizado com Belo, que até então havia sido comunicado apenas publicamente, sem a formalização judicial necessária.

+ Patrícia Ramos faz denúncia bombástica na Globo contra ex-marido por falsidade ideológica

Os advogados de Denílson solicitaram a homologação do acordo em 25 de outubro, mantendo os termos em sigilo. A ação, apesar de não correr em segredo de Justiça, foi aceita pela corte, restringindo o acesso ao processo apenas aos advogados envolvidos.

Denilson e Belo (Foto Reprodução/Montagem/ Fatos da TV)
Denilson e Belo (Foto Reprodução/Montagem/ Fatos da TV)

Relembre a polêmica

O caso remonta à década de 1990, quando Belo e Denílson, inicialmente amigos, tornaram-se parceiros comerciais. Em 1998, Denílson comprou os direitos da banda Soweto, da qual Belo era vocalista. A banda estava ganhando destaque no cenário musical brasileiro.

No entanto, em 2000, Belo deixou o grupo, o que levou Denílson a acioná-lo judicialmente, alegando quebra de contrato, danos morais e outros prejuízos. Na defesa, Belo alegou que nunca reconheceu Denílson como detentor dos direitos da banda e que não recebeu investimentos financeiros do ex-jogador durante o período.

+ Giovanna Ewbank não se cala e coloca ponto final sobre rumores de crise no casamento com Bruno Gagliasso

Em 2004, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) deu ganho de causa a Denílson, condenando Belo a pagar R$ 388 mil. Com o passar dos anos e sem o pagamento da dívida, o valor acumulou correções, ultrapassando R$ 7 milhões. Agora, com a homologação do acordo, encerra-se um dos casos mais longos e notórios envolvendo figuras públicas no Brasil.

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.