Elenco de “A Grande Família” sofreu baixas devastadoras que muitos não fazem nem ideia


Elenco de "A Grande Família" sofreu baixas devastadoras que muitos não fazem nem ideia
Elenco de "A Grande Família" sofreu baixas devastadoras que muitos não fazem nem ideia (Foto Reprodução/Monagem/Fatos da Tv)

Alguns nomes, que brilharam na série “A Grande Família” tiveram desfechos trágicos que muitos desconhecem até hoje

Recentemente, uma atriz que fez parte do elenco do seriado “A Grande Família”, na Globo, Márcia Manfredini, que deu vida a personagem Abigail, no clássico programa de humor, infelizmente nos deixou.

Na trama ela interpretava uma típica vizinha fofoqueira e invejosa. No decorrer da história ela acabou se envolvendo com o Beiçola (Marcos Oliveira) O anúncio da morte da atriz foi feito pelo ator Kiko Mascarenhas por meio das redes sociais.

 Márcia Manfredini interpretava Abgail, a vizinha fofoqueira da série qu se envolveu ao longo da trama com Beiçola (Marcos Oliveira) (Foto Reprodução/Internet)
Márcia Manfredini interpretava Abgail, a vizinha fofoqueira da série e que se envolveu ao longo da trama com Beiçola (Marcos Oliveira) (Foto Reprodução/Internet)

Na publicação, ele lamentou a morte da atriz: “Acabei de saber do falecimento da querida Marcia Manfredini” – Iniciou ele que continuou relatando e expôs o quão triste estava:

“Tão prematuramente, uma tristeza. Aos familiares e amigos, meus sentimentos sinceros. Descanse em paz, querida” – Finalizou ele

Outras baixas irreparáveis do seriado

Muitos não sabem, mas o seriado “A Grande Família” teve duas versões na Globo, uma na década de 70, outra entre os anos 2001 a 2014. E alguns atores de ambas as versões também já morreram e não se encontram mais entre nós.

No mês de março de 2022, por exemplo, morreu a atriz que foi considerada uma das maiores musas já vistas na época, Djenane Machado. Na primeira versão de “A Grande Família”, ela interpretou Bebel, que na segunda versão foi interpretada por Guta Stresser.

A causa da sua morte não foi divulgada, porém ela acabou abusando de drogas ao longo da sua carreira, arruinou seus projetos e acabou seus dias sozinha, aos 70 anos de idade, acompanhada apenas de uma enfermeira.

Djenane Machado interpretou a primeira Bebel de "A Grande Família" e causa da morte não foi revelada (Foto Reprodução/Internet)
Djenane Machado interpretou a primeira Bebel de “A Grande Família” e causa da morte não foi revelada (Foto Reprodução/Internet)

Outro nome do seriado que também morreu foi Jorge Dória, ele viveu o primeiro “Lineu” e faleceu aos 92 anos, no ano de 2013. O mesmo sofria com complicações cardiorrespiratórias e renais.

Vale dizer, que além da primeira versão de “A Grande Família”, ele também fez  muito sucesso em outro humorístico da Globo, o “Zorra Total” aonde curiosamente ele interpretava o pai do “Alfredinho”, personagem do ator que deu vida ao “Tuco” da segunda versão,  Lúcio Mauro Filho.

Jorge Dória, que interpretou o Lineu da primeira versão de "A Grande Família" morreu vítima de complicações cardiorrespiratórias e renais (Foto Reprodução/Internet)
Jorge Dória, que interpretou o Lineu da primeira versão de “A Grande Família” morreu vítima de complicações cardiorrespiratórias e renais (Foto Reprodução/Internet)

O ator que deu vida ao primeiro “Tuco”, Luiz Armando Queiroz, também faleceu, com apenas  54 anos, em 1999. O mesmo teve falência múltipla dos órgãos devido à quimioterapia que fazia para curar um câncer linfático.

Luiz Armando de Queiroz, que interpretou o primeiro "Tuco" teve uma morte trágica, vítima de uma falência múltipla dos órgãos (Foto Reprodução/Memória Globo)
Luiz Armando de Queiroz, que interpretou o primeiro “Tuco” teve uma morte trágica, vítima de uma falência múltipla dos órgãos (Foto Reprodução/Memória Globo)

 

Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....