Em guerra de egos, autores trocaram farpas publicamente por causa de A Favorita: “Novelinha medíocre”


Novela A Favorita, da Globo. (Foto: reprodução)
Novela A Favorita, da Globo. (Foto: reprodução)

A Favorita (2008) se tornou um dos maiores sucessos recentes da Globo, e era uma das novelas mais pedidas pelo público para ganhar uma reprise na emissora, algo que ocorreu recentemente. Na época da sua exibição original, no entanto, o folhetim de João Emanuel Carneiro deu o que falar nos bastidores, causando uma verdadeira guerra de egos.

O primeiro embate ocorreu com um novelista da concorrência: Tiago Santiago, que escrevia Caminhos do Coração (2007), novela que foi um grande sucesso na Record, e que chegou a ter o seu último capítulo antecipado para bater de frente com a estreia de A Favorita. A estratégia surtiu efeito, com Caminhos do Coração roubando audiência da Globo e fazendo o folhetim registrar, até então, o pior índice de estreia da história.

Essa disputa, que se estendeu depois que Tiago Santiago escreveu Os Mutantes, que era uma continuação de Caminhos do Coração, acirrou os ânimos entre ele e João Emanuel Carneiro. Em entrevista ao Jornal O Globo, JEC declarou que não iria para a Record porque faz novelas melhores na Globo. O autor da Record não deixou barato, e segundo o jornal Folha de S. Paulo, teria classificado A Favorita como “novelinha medíocre”.

Autores Tiago Santiago e João Emanuel Carneiro. (Foto: reprodução)
Autores Tiago Santiago e João Emanuel Carneiro. (Foto: reprodução)

Troca de farpas de autores

O jornal Estado de S. Paulo resolveu ouvir os dois lados, a começar por João Emanuel Carneiro, que não perdeu a oportunidade de alfinetar o concorrente. “Acho que não tenho o perfil do público de Os Mutantes, já que passei dos dez anos (de idade) e não pertenço à classe D e E. Já Tiago Santiago parece que está assistindo à minha novela. Tenho certeza de que ele vai acabar gostando”, disparou.

Tiago Santiago até declarou que não prestigiava A Favorita, mas optou por um tom mais brando, apenas lamentando a declaração do autor da Globo. “Não vejo a novela do João Emanuel porque é no mesmo horário que Os Mutantes e Amor e Intrigas, que me parecem opções bem mais interessantes e divertidas. Ele erra feio ao acreditar que somos vistos apenas por crianças e pelas classes mais baixas”, afirmou.