Estrela da Globo precisou amputar suas pernas após abandonar carreira e viver sozinho


Longe da TV e sozinho, estrela da Globo precisou amputar suas pernas (Foto: Reprodução)
Longe da TV e sozinho, estrela da Globo precisou amputar suas pernas (Foto: Reprodução)

Com uma história cheia de tragedias, estrela do grande sucesso Pantanal, teve que amputar as penas e viveu últimos dias triste longe de todos

Mulher se transformando em onça, Velho do Rio que aparece como um fantasma e muito mais é visto em Pantanal. As lendas e suas histórias mirabolantes em nada se compara com a vida real de uma estrela que fez parte da novela.

Ele atuou como um dos caseiros de Zê Leôncio na primeira versão da trama, após fazer parte do medalhão de atores de ouro da Manchete. Por isto, este ator participou também de Kananga do Japão e A História de Ana Raio e Zé Trovão, além de atuar em séries.

Ator Maurício do Valle (Foto: Reprodução)
Ator Maurício do Valle (Foto: Reprodução)

Nunca escondeu seu talento, o qual era gigantesco ao ponto de ultrapassar as telinhas. Ele foi um premiado ator do cinema em meados da década de 60 e 70, emendando vários trabalhos um no outro.

Trajetória

Depois de Pantanal e do papel de destaque como o Cabeção em A História de Ana Raio e Zé Trovão, o ator voltou para a Globo no início dos anos 90 revivendo um personagem muito semelhante ao que fazia em Roque Santeiro (1985), um delegado em Deus nos Acuda (1992).

Neste retorno para a Globo em contratos por obra, teve a oportunidade de fazer uma participação especial em outros trabalhos pontuais para séries. Mas, tudo mudou depois de um problema de saúde agravado em 1994.

Ator Maurício do Valle (Foto: Reprodução)
Ator Maurício do Valle (Foto: Reprodução)

Com diabetes e limitações cardíacas, Maurício do Valle foi pego de surpresa com a notícia de que precisaria de amputar suas duas pernas. Sob risco de vida, não teve outra forma senão acatar a ordem médica. A partir daí, teria se iniciado um momento dramático.

O irmão de Maurício do Valle, Sérgio Valle, declarou para a revista Veja que o fato dele ter precisado de amputar as pernas teria feito o ator perder “a vontade de viver”. Em 07 de outubro, Maurício do Valle nos deu adeus no Rio de Janeiro.