Marcou na TV

Estrela da Globo apanhou na rua e ficou em cadeira de rodas por causa de personagem em A Favorita: “Homem horrível”


Novela A Favorita. (Foto: reprodução)

Não é raro os casos de telespectadores que misturam ficção com realidade e acabam agredindo verbalmente e até fisicamente atores que dão vida à personagens cruéis em novelas. Foi o que aconteceu com Jackson Antunes em A Favorita (2008).

Desde o começo dos anos 1990, o ator é um dos mais requisitados para trabalhos na Globo, estando no ar em pelo menos um trabalho por ano, nos mais variados tipos de papéis. Na trama de João Emanuel Carneiro, ele deu vida à Leonardo, um homem grosseiro e preconceituoso, que agredia frequentemente a mulher, Catarina (Lília Cabral). Curel, o personagem chega a expulsar de casa a própria filha, Mariana (Clarice Falcão), após descobrir que ela estava grávida.

E por dar vida a um personagem que gerava tanta repulsa no espectadores, um homem chegou a confundir as coisas e agredir o veterano enquanto andava pelas ruas do Rio de Janeiro, algo que prejudicou bastante o ator.

Ainda em 2008, em entrevista ao Jornal do Brasil, Jackson Antunes explicou como ocorreu a situação, e contou que o agressor não se importou nem com o fato de ele estar usando bengala, em virtude de uma lesão na perna.

“Eu cheguei na banca com meu filho e vi que havia um homem. De repente, ele virou para mim e começou a falar mal da televisão. Quando ele me empurrou, eu me desequilibrei porque estava usando bengala por conta de uma lesão na perna esquerda, a mesma em que tive uma trombose há 13 anos”, declarou. “Só que, desequilibrado, precisei me apoiar na [perna] direita e acabei sofrendo um princípio de outra trombose”, completou o ator, que com fortes dores na virilha, precisou ficar hospitalizado por três dias para um tratamento.

Jackson Antunes em cena de A Favorita. (Foto: Reprodução)
Jackson Antunes em cena de A Favorita. (Foto: Reprodução)

Jackson Antunes teve de gravar novela em cadeira de rodas

Em recente entrevista ao portal UOL, Jackson ainda revelou que ao retomar as gravações de A Favorita, precisou utilizar uma cadeira de rodas e ainda estar sendo medicado constantemente pela esposa. “Boa parte da novela eu fiz na cadeira de rodas, minha esposa me acompanhava, aplicando remédio na minha barriga”, revelou.

Veja também: Mudaram Bastante; Saiba como estão os atores Leo de O Clone e Bruno de Senhora do Destino

O veterano ainda admitiu que se sentia mal ao interpretar o personagem, e que chegava a pedir desculpas nas cenas em que tinha de confrontar Lília Cabral. “Toda vez que terminava uma cena eu pedia desculpas para a Lilia. Era muito difícil. Mesmo na ficção, mesmo inventado, faz mal. Não tinha uma cena que dava um refresco, todas eram pesadas: aquele homem horrível humilhando a mulher psicologicamente ou fisicamente”, relatou.

Autor(a):