Estrela da Globo protagonizou barraco com diretor da emissora para defender veterana: “Meu caráter”


Estrela da Globo s meteu em uma briga com diretor pra defender veterana (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)
Estrela da Globo s meteu em uma briga com diretor pra defender veterana (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)

Estrela da Globo deu a cara à tapa, e bateu o telefone na cara de um dos diretores, para defender uma veterana na emissora.

Glória Perez, uma das maiores autoras de novelas da Globo, teve  uma briga feia com o diretor Ricardo Waddington, na época em que o futuro de  Cássia Kis estava ameaçado em “Travessia”, da TV Globo.

Tudo indica que ele teria ofendido a profissional após a confrontar em relação à presença de Cássia na trama, após ela  realizar comentários homofóbicos e intolerantes em uma live que ela concedeu.

Gloria Perez (Foto Reprodução/Internet)
Gloria Perez (Foto Reprodução/Internet)

Inclusive, vale mencionar aqui, que além disso ela ainda marcou presença em alguns dos atos anti democráticos que rolaram Brasil afora.

De acordo com Alessandro Lo-Bianco, do programa “A Tarde é Sua”, Ricardo Waddington ligou para a Glória Perez cobrando satisfações sobre ela não ter reduzido as participações da atriz na trama, mesmo após a polêmica.

Uma outra questão ainda mais grave aconteceu, o diretor acreditava que um diálogo de Cidália com Guerra (Humberto Martins) tenha servido como uma “indireta” a toda essa questão na época do ocorrido.

Cássia Kis como Cidália em "Travessia" na Globo (Foto Reprodução/Blogguer)
Cássia Kis como Cidália em “Travessia” na Globo (Foto Reprodução/Blogguer)

O personagem, na trama, teria reclamado do fato de Chiara (Jade Picon) perguntar muitas vezes sobre a história da mãe, até que Cidália diz: “A Chiara não foi feita por dois pais. Tem a mãe”.

A frase é bem semelhante ao que Cássia Kis proferiu na fatídica  live com a jornalista Leda Nagle.

A Globo acha que a Glória Perez defendeu a Cássia Kis através dessa declaração. Por perceber que o assunto parou dentro da novela e que os capítulos tinham Cidália como elo de conexão entre vários núcleos, o diretor resolveu ligar para a autora, afim de resolver essa situação.

A fonte segura disse que a escritora afirmou que não iria reduzir a participação da veterana na novela e que inclusive vai até o final.

Cássia Kis e Humberto Martins (Foto Reprodução/Internet)
Cássia Kis e Humberto Martins (Foto Reprodução/Internet)

Ricardo Waddington, na ocasião, reforçou que a presença de Cássia Kis na novela pode enfraquecer a audiência e comprometer desempenho da produção com o elenco, principalmente pelas confusões geradas  nos últimos tempos. Houve também reclamações feitas para Mauro Mendonça, além das reclamações dos colegas diretamente à Globo.

Glória Perez afirmou que enxerga  tudo o que acontece com a atriz como uma censura e disse que a personagem só sairá de “Travessia” se a artista for realmente demitida.

O clima ficou ainda mais pesado quando a autora disse:

“Isso que vocês estão me pedindo vai contra o meu caráter. Se vocês não têm o de vocês, eu vou manter o meu”.- Disse ela, e que segundo fontes, ainda rolou uma batida de telefone.

A briga e a batida de telefone foram reportadas ao jurídico da Globo. Parte do elenco soube dessa discussão, e 15 pessoas formalizaram em papel a reclamação ao compliance (Departamento de Normas de Conduta da emissora) da Globo para que uma atitude fosse tomada. Ao que parece, atores, diretores, roteiristas e produtores não suportavam mais trabalhar com a famosa.

Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....