Estrela da Globo, após diagnóstico de um câncer devastador, falou abertamente sobre o medo da morte


Elenco de "Cinquentinhas" (Foto Reprodução/Internet)
Elenco de "Cinquentinhas" (Foto Reprodução/Internet)

Estrela renomada da Globo teve um triste diagnóstico e falou abertamente  sobre o medo da morte

A veterana Betty Lago, fez um estrondoso sucesso nas novelas e produções da Globo e da Record TV, e deixou para sempre a história da dramaturgia marcada com sua presença.

Vista como a atriz predileta do autor Carlos Lombardi, a atriz Betty Lago despontou em diversas novelas do escritor na Globo, dentre elas: Quatro por Quatro, Vira Lata, Uga Uga, Kubanacan e  Bang Bang entre outras.

Betty Lago e Humberto Martins em Kubanacan (Foto Reprodução/Acervo/Globo)
Betty Lago e Humberto Martins em Kubanacan (Foto Reprodução/Acervo/Globo)

A atriz ficou muito conhecida quando brilhou na minissérie “Anos Rebeldes”, que inclusive teve um enredo forte e marcante, visto que retratava com muitos detalhes o terror do que foi o período da ditadura militar no Brasil.

Mas antes de atuar, ela chegou a ser modelo anos antes. Descoberta pelo fotógrafo Evandro Teixeira na década de 70, Betty Lago ganhou as passarelas da Itália, França e Estados Unidos e esbanjou beleza por onde passou.

Betty Lago e Cláudia Abreu em "Anos Rebeldes" (Foto Reprodução/Blogguer)
Betty Lago e Cláudia Abreu em “Anos Rebeldes” (Foto Reprodução/Blogguer)

Vale lembrar que Betty Lago foi um sucesso como atriz, mas reinventou sua carreira ao ser tornar uma das apresentadoras do “Saia Justa”, do GNT, aonde ganhou ainda mais notoriedade.

Depois, veio a proposta para a famosa integrar o elenco da Record TV, que estava ampliando e investindo ainda mais seu setor de dramaturgia contra a concorrência. Mas foi no mesmo ano, em 2011, que ela descobriu um diagnóstico terrível de um câncer.

A atriz falou sobre o medo da morte

Em uma ocasião, Betty Lago concedeu uma entrevista ao “Domingo Espetacular”, que foi quando ela abriu o jogo pela primeira vez de como se sentia

“Me perguntam você tem medo de morrer? Tenho, mas não tenho. Você se dá ao direito de ter o medo, mas no fundo você não tem o medo. Essa é a nossa vida e a gente sabe que tudo é cíclico, entendeu? Então essa compreensão é muito importante.” – Contou ela

Betty Lago no "Saia Justa" (Foto Reprodução/GNT)
Betty Lago no “Saia Justa” (Foto Reprodução/GNT)

A atriz fez questão de deixar bem claro ao seus fãs que não sentissem pena dela neste momento difícil de sua vida:

“A gente tem muito mais força do que a gente imagina que tem. Porque às vezes as pessoas dizem: ‘Ah, eu não aguentaria um terço do que você aguenta.’ Não quero nem mais conversar… Porque aquilo não é uma coisa legal de se ouvir, aquilo não me interessa.” – Revelou ela

Betty Lago morreu em casa, aos 60 anos, no bairro nobre do Leblon, no Rio de Janeiro (Foto Reprodução/Internet)
Betty Lago morreu em casa, aos 60 anos, no bairro nobre do Leblon, no Rio de Janeiro (Foto Reprodução/Internet)

Ela então continuou dizendo na mesma entrevista como ela encarava a doença e os tratamentos:

“Eu não sou uma pessoa doente. Sou uma pessoa que está fazendo um tratamento. Então se esse tratamento vai durar 4, 5, 10…E se amanhã eu morrer e falar sucumbiu ao câncer, não é verdade, não é isso. Ninguém morre na véspera. Você morreu porque tinha que morrer.” – Disse ela

Betty Lago teve um câncer na visícula que comprometeu seu fígado. Ela chegou a fazer diversas cirurgias e enfrentar 18 sessões de quimioterapia, perdendo os cabelos e expondo sua nova condição de beleza publicamente em suas redes sociais.

Nos seus últimos dias, o câncer terminal da atriz teve seu tratamento interrompido e foi submetida apenas a cuidados paliativos que amenizassem seu sofrimento. Ela morreu em casa, aos 60 anos, no bairro nobre do Leblon, no Rio de Janeiro.

 

Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....