Ex-apresentadora do SBT revelou que era desprezada por Hebe Camargo: “Não falava comigo”


Hebe Camargo não falava com Márcia Goldschmidt no SBT. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)
Hebe Camargo não falava com Márcia Goldschmidt no SBT. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)

Márcia Goldschmidt revelou que Hebe Camargo não falava com ela

Com uma longa trajetória na televisão brasileira, Márcia Goldschmidt tem muitas histórias para compartilhar sobre seus anos como apresentadora de programas que marcaram época. Em uma dessas histórias, ela revela um segredo guardado por décadas: uma rivalidade com uma outra apresentadora bastante conhecida e já falecida, Hebe Camargo.

“Houve um período em que ela não falava comigo, mas não quero falar dela, seria uma falta de respeito e caráter da minha parte. Se eu não falei nada enquanto ela estava viva para se defender, por que faria isso agora? Seria muito mesquinho”, revelou Márcia no extinto programa A Noite é Nossa, da Record.

Márcia também falou sobre o período de sete anos em que ficou afastada da televisão. “Posso dizer que fiquei fora do mundo durante sete anos, dedicados a salvar a vida da minha filha. Agora estou começando a sair da toca e posso fazer de tudo”, disse ela, que se afastou para cuidar de uma doença rara de sua filha.

Márcia Goldschmidt comandou programa no SBT. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)
Márcia Goldschmidt comandou programa no SBT. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)

Apresentadora falou sobre retorno à TV

Quando questionada sobre seu retorno à TV, Márcia revelou que havia feito um acordo com uma emissora que não exigia que ela voltasse para o Brasil para trabalhar. “Era um canal que precisava aumentar seu público e achava que precisava de uma figura que falasse com as massas. Eles pensaram que eu era a pessoa certa”, disse ela, mas o projeto foi cancelado devido à pandemia.

Sobre sua decisão de sair da TV, ela comentou: “Na época em que decidi deixar a televisão, eu não estava feliz. Sentia que faltava algo em minha vida e não sabia o que era. Então, decidi desistir. Foi uma decisão muito difícil, mas depois de tudo o que passei, acredito que minha missão de vida era ter minhas filhas”.