Estrela do SBT, Ratinho já despertou o interesse da Globo: “Tem um carisma danado”


Apresentador Ratinho. (Foto: Reprodução)
Apresentador Ratinho. (Foto: Reprodução)

No final dos anos 1990, com seu estilo popularesco e irreverente, inspirado em figuras como Luiz Carlos Alborghetti, Ratinho teve uma ascensão meteórica na TV. Mesmo comandando um programa regional no canal paranaense CNT/Gazeta, o apresentador fazia grande sucesso e já despertava o interesse da Record e até da Globo.

Em 1998, no entanto, a emissora dos bispos tomou à frente e acabou acertando a contratação de Ratinho, que se tornou um fenômeno ainda maior no comando do polêmico Ratinho Livre, que chegava a liderar a audiência. Porém, em março de 1998, o jornal Folha de S. Paulo chegou a destacar que a Globo tinha interesse na contratação do apresentador, mas cautelosa, em virtude do seu estilo popularesco, optou por realizar um estudo interno antes.

Mas isso não ficou apenas no campo da especulação. O próprio vice-presidente da Globo na época, Roberto Irineu Marinho (hoje presidente do Grupo Globo), confirmou o interesse da emissora em contar com Ratinho.

Estilo popularesco atrapalhou ida de Ratinho para a Globo

Roberto Irineu, no entanto, também aproveitou para alfinetar o conteúdo do programa comandado por Ratinho na Record, mas mesmo reconhecendo o carisma do apresentador, deu a entender que o estilo popularesco atrapalhou a sua transferência para a Globo.

“Não vamos menosprezá-lo. [Ratinho] é um camarada com um carisma danado e poderia estar fazendo um programa de melhor qualidade, com grande sucesso. É um desperdício usar o Ratinho em um programa tão ruim”, declarou o executivo.

“Não compramos o passe de ninguém que tenha contrato em andamento com outra emissora e não rompemos com esse código. Chegamos a avaliar a hipótese de fazer um programa com ele, mas com outra linguagem, outro comportamento. Não há hipótese desse tipo de programa na Globo. Isso foi antes de ele ter sido contratado pela Record”, explicou Roberto Irineu.

Vale lembrar que o sucesso de Ratinho na Record também despertou o interesse de Silvio Santos, que acabou convencendo o apresentador a acertar com o SBT, poucos meses após sua estreia, em uma negociação que causou bastante polêmica. O apresentador segue até hoje no ar na emissora, e já afirmou diversas vezes não pretende mais sair de lá.