Estrela que foi destaque da Globo não tinha parentes vivos e passou seus últimos dias sozinha em abrigo


Atriz que fez sucesso na Globo morou no Retiro dos Artistas (Foto: Reprodução, Globo)
Atriz que fez sucesso na Globo morou no Retiro dos Artistas (Foto: Reprodução, Globo)

Artista possuía um currículo de peso e fez parte de várias produções na Globo, teve fim solitário e passou seus últimos dias em uma instituição

A atriz Yolanda Cardoso da Silva nasceu no dia 18 de setembro de 1928, no Rio de Janeiro. A artista teve uma carreira brilhante recheada de produções de sucesso, inclusive com várias novelas da Globo no currículo.

Ademais, sua carreira começou nos palcos em 1956, no espetáculo “Marquesa de Santos“, e também atuou em “Marido Magro e Mulher Chata”; “A Valsa dos Toureadores”; “Os Sete Gatinhos”; “A Compadecida”; “Inimigos Íntimos”; “Boca de Ouro” e “O Cão Siamês”.

Então, o maior sucesso de Yolanda nos palcos foi em “Alzira Power” no início dos anos 1970, ganhando prêmios como melhor atriz do ano nos palcos. Também se destacou no musical “Viva o Cordão Encarnado“.

Entretanto, no Cinema ela estreou em “Uma Certa Lucrécia”, de 1957, e depois apareceu também em “Crime no Sacopã”; “Paraíba, Vida e Morte de um Bandido”; “Copacabana Me Engana”;

Também, a atriz da Globo participou de “Com Vai, Vai Bem?”; “Elas São do Baralho”; “A Árvore do Sexo”; “A Noite dos Duros”; “Mulheres do Cais”; “Os Rapazes da Difícil Vida Fácil”; “Pedro Mico” e “Com Licença, eu vou à Luta”.

Yolanda Cardoso fez parte do elenco da novela "O Amor É Nosso" (Foto: Reprodução, Globo)
Yolanda Cardoso fez parte do elenco da novela “O Amor É Nosso” (Foto: Reprodução, Globo)

A atriz fez parte de um documentario

Assim, Yolanda Cardoso construiu também carreira importante na Televisão e seu primeiro trabalho foi em 1962, no “Grande Teatro Tupi” e depois no “Teatrinho Trol”.

Depois, em 1967, na TV Globo, fez sua primeira novela que foi ”Anastácia, A Mulher Sem Destino”. No ano seguinte foi para a TV Record, onde atuou em “Ana”; “Algemas de Ouro” e “As Pupilas do Senhor Reitor”.

Contudo, por um longo período esteve nas novelas da TV Tupi, onde atuou em ” Na Idade do Lobo”; “Bel-Ami”; “A Volta de Beto Rockfeller”; “As Divinas e Maravilhosas”; “A Barba-Azul”. Tambem, “O Sheik de Ipanema”; “A Viagem”; “Papai Coração”; “Tchan! A Grande Sacada”; “O Profeta” e “O Direito de Nascer”, em 1978.

Então, de volta para a TV Globo, em 1980, atuou em “Coração Alado”; “O Amor É Nosso”; “Sétimo Sentido”; a minissérie “Bandidos da Falange”; “Louco Amor”; “Transas e Caretas”.

Também, participou de “Direito de Amar”; “Que Rei Sou Eu?”; “Você Decide”. Ainda, fez parte da minissérie “Decadência” e o programa humorístico “Sai de Baixo”, sua última atuação na tv, em 1998.

Dessa forma, Yolanda fez parte do documentário “Chão de Estrelas”, de 2002, feito pelo diretor Marcus Vinicius Faustini, sobre a profissão de ator no Brasil.

Por fim, com problemas de saúde, a artista da Globo, nos seus últimos anos de vida morou no Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro. Onde fazia questão de frequentar o salão de beleza da instituição.

A atriz Yolanda Cardoso faleceu em 10 de julho de 2007, no Rio de Janeiro. Em função de falência múltipla dos órgãos, após uma pneumonia, aos 78 anos de idade.

Yolanda Cardoso (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)
Yolanda Cardoso (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)
Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.