Estrela da Globo, no auge da sua carreira, teve uma morte trágica deixando emissora aos prantos


Atriz da Globo morreu (Foto: Reprodução, Globo)
Atriz da Globo morreu (Foto: Reprodução, Globo)

Estrela da Globo não resistiu, após câncer já em estado terminal, e notícia da sua morte deixou a emissora devastada

Uma das novelas de maior sucesso da Globo, a “Beleza Pura” exibida de fevereiro a setembro do ano de 2008, foi a única novela da autora Andréa Maltarolli, que infelizmente, perdeu a luta contra um câncer um ano depois.

A trama que girou em torno do desaparecimento de um helicóptero e de seus cinco tripulantes. O Carcará, que foi desenvolvido por Guilherme Medeiros, personagem interpretado por Edson Celulari, e derrubado por Norma Gusmão, que era interpretada por Carolina Ferraz.

Edson Celulari e Regiane Alves em "Beleza Pura" (Foto Reprodução/Globo)
Edson Celulari e Regiane Alves em “Beleza Pura” (Foto Reprodução/Globo)

Vale ressaltar que a novela também teve a participação de Ana Maria Braga, que na trama, participava de uma ação social promovida através de Joana, interpretada por Regiane Alves, que encenou uma participação no programa “Mais Você”, dando dicas de proteção na exposição ao sol, prevenindo o câncer de pele.

A trama foi a primeira e última novela de Andréa Maltarolli. A profissional faleceu por conta de um câncer de mama com metástase, aos 46 anos de idade, no dia 22 de setembro de 2009.

Cena do helicóptero em "Beleza Pura" (Foto Reprodução/Memória Globo)
Cena do helicóptero em “Beleza Pura” (Foto Reprodução/Memória Globo)

A estrela da Globo entrou na emissora carioca por conta de uma Oficina de Autores, que aconteceu no meio da década de 90. Inclusive a  Andréa Maltarolli costumava ler alguns capítulos das novelas que o ator Antônio Grassi jogava no lixo, e com isso desenvolveu com Emanuel Jacobina o formato de “Malhação”, onde esteve entre 1955 a 2002.

Além disso, a autora também passou pela “Escolinha do Professor Raimundo” e pelo humorístico “Zorra Total”. Vale ressaltar que antes de morrer, Andréa Maltarolli estava trabalhando em “Alto Astral”, mas deixou inacabada por conta de sua morte. Porém, em 2014, Daniel Ortiz conduziu a trama.

Andrea Maltarolli (Foto Reprodução/Internet)
Andrea Maltarolli (Foto Reprodução/Internet)