Estrela mirim que explodiu nos anos 80, perde medo e assume: “Sou gay”


Estrela mirim que foi sucesso nos anos 80 se assume

O grupo musical criado por Michael Sullivan chamado Trem da Alegria foi um sucesso nos anos 80 até os anos 90. O seu maior público foi de crianças e jovens. Para você ter uma ideia O Trem da Alegria simplesmente vendeu mais de seis milhões de discos. Foi trilha sonora de programas de TV tanto do SBT quanto da Globo.

Entre uma variação de formação e outra, uma estrela que participou do Trem recentemente surpreendeu o público ao assumir sua orientação sexual. O ano foi 2020 quando a cantora Patrícia Marx publicou uma foto ao lado de seu amor com a seguinte legenda:

+ Wolf Maya disse que não voltaria para a Globo e expôs motivo: “Não preciso”

“Sou gay com muito orgulho. E estamos juntas, eu e o meu amor Renata!”, escreveu a estrela justamente no dia em que é comemorado o Dia do Orgulho LGBTQIA+. Para os curiosos de plantão, Patrícia contou que conheceu Renata em um jantar enquanto estava em Londres.

+ Cavalo supostamente morto e cão dopado: momentos em que a Globo foi acusada de maltratar animais

Em entrevista para o jornal O Dia, a estrela declarou: “Para mim foi um grande alívio ter assumido que eu sou lésbica e eu acho que tudo teve o momento certo. Talvez eu não conseguiria ter assumido isso antes, porque minha criação foi outra”.

Patrícia Marx e Renata (Foto: Reprodução)

“Hoje vejo e sinto que essa bandeira está cada vez mais forte, mais unida e a diversidade tem estado em um lugar maior no mundo. Mas eu nunca tive receio não. Fiz agora e me assumiria mesmo de qualquer maneira, mesmo se isso houvesse perdas. Eu quero viver a minha liberdade”, complementou.