Estrela de “O Cravo e a Rosa” após acidente em gravação desistiu de viver: “Pensei em suicídi*”


Artista de "O Cravo e a Rosa" pensou em tirar a própria vida (Foto: reprodução/ Globo)
Artista de "O Cravo e a Rosa" pensou em tirar a própria vida (Foto: reprodução/ Globo)

Artista que se destacou em “O Cravo e a Rosa”, folhetim de sucesso da Globo, após experiências traumáticas pensou em tirar a própria vida

O ator Carlos Vereza já participou de vários sucessos da Globo, se destacou vivendo Joaquim na novela “O Cravo e a Rosa” (2000-2021) e em “O Rei do Gado”, revelou em entrevista ao jornal “O Globo”, que já pensou em tirar a própria vida.

Então, em 1990, ele rompeu o tímpano durante uma cena da série “Delegacia de Mulheres” e sentia como se a cabeça estivesse tomada por um enxame de abelhas.

Dessa forma, os problemas foram agravados por um acidente de carro que causou danos à sua coluna. Assim, sem trabalho e saúde, o ator perdeu o ânimo para viver.

“Pensei em suicídi*, claro que pensei“, lembrou o famoso. “Eu ia de clínica em clínica e ninguém resolvia nada. Numa, chegaram a dizer ‘Ai, ó, se deu bem“, relembrou Carlos Vereza.

“Vai ficar no quarto em que ficou Raul Seixas, como se fosse um upgrade para a minha doença. E tome injeção. Eu me sentia como se estivesse rodando em cima de um LP”, disse o ator. “Dava para imaginar por que o Raul Seixas gostava daquele lugar”, contou o artista de “O Cravo e a Rosa”.

Carlos Vereza em O Rei do Gado. (Foto: reprodução/Globo)
Carlos Vereza em O Rei do Gado. (Foto: reprodução/Globo)

O ator recebeu ajuda de amigo famoso

Dessa forma, o ator que fez sucesso em “O Cravo e a Rosa” havia passado por outra fase difícil nos anos 70, quando era militante político do Partido Comunista Brasileiro.

“Naquela época, ou você entrava para a luta armada ou fugia do país. Eu não queria nenhuma das duas coisas. As drogas foram a minha saída“, explicou o ator, que chegou a ser preso duas vezes e sequestrado outras duas.

“Tive sorte, estava fazendo “Cavalo de Aço”, não poderia desaparecer de repente. O Tarcísio Meira foi de quartel em quartel atrás de mim até eu aparecer“, revelou Carlos Vereza.

O ator também disse ter visto a materialização do espírito e falou sobre sua crença na vida após a morte.  “Eu sou p* velha, cara, criado no cinema, não ia cair em picaretagem. Não tem truque, não tem mágica ali. É irrefutável. A reencarnação é um fato”, afirmou o artista de “O Cravo e a Rosa”.

Carlos Vereza atualmente. (Foto: reprodução/Globo)
Carlos Vereza atualmente. (Foto: reprodução/Globo)
Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.