Ex-ator da Globo processou a emissora e pediu direitos após anos de trabalho


Ator processa a emissora após ser ignorado em novela e pede direitos trabalhistas (Foto: Jorge Baumann/Globo)
Ator processa a emissora após ser ignorado em novela e pede direitos trabalhistas (Foto: Jorge Baumann/Globo)

Ator trava batalha judicial com a Globo por reconhecimento de vínculo empregatício

Uma batalha judicial entre o ator Kadu Moliterno e a emissora Globo foi aberta, que pode influenciar significativamente a trajetória profissional do ator, longe da televisão desde 2019.

+ Ex-paquito soltou o verbo e disse que disputava holofotes com Xuxa: “Eu era melhor que ela”

Moliterno iniciou um processo na Justiça do Trabalho contra a emissora. Sua alegação é que, durante muitos anos, exerceu suas atividades como Pessoa Jurídica (PJ), sem a garantia de direitos trabalhistas. O ator busca o reconhecimento de vínculo empregatício com a Globo, onde trabalhou em várias novelas e séries até 2015.

+ Lídia Brondi, ausente da TV por mais de 33 anos, surpreendeu ao aparecer com marido

Na ocasião da divulgação, a ação ainda não possui um veredito final. Contudo, já ocorreu um despacho judicial que determina a notificação da Globo e a realização de uma audiência de conciliação entre as partes.

Segundo o site Notícias da TV, o valor da causa é simbólico, apenas R$ 1.000, para custear as despesas do processo. No entanto, isso não implica que Moliterno não tenha aspirações maiores.

Ator Kadu Moliterno. (Foto: Reprodução)
Ator Kadu Moliterno. (Foto: Reprodução)

Advogado do ator falou sobre o caso

Fernando Dutra Ferreira, advogado trabalhista que representa o ator, informou que o objetivo é obter o reconhecimento dos direitos que a emissora não concedeu durante o período em que o ator trabalhou como PJ.

Ferreira detalhou que o ator tem direito a férias, décimo terceiro salário, FGTS, INSS e outros benefícios que a Globo não pagou. Esses valores serão determinados na fase de liquidação da sentença, caso o pedido seja considerado procedente.

+ Autor se recusa a trabalhar com atriz de “A Grande Família” e detonou ao expor motivo: “Chata pra caramba”

Vale ressaltar que Kadu Moliterno não é o único artista a buscar a Justiça contra a Globo. Outros atores e atrizes, incluindo Carolina Ferraz e Maitê Proença, também iniciaram processos semelhantes depois de serem dispensados pela emissora.

Tais atores também solicitaram o reconhecimento de vínculo empregatício e o pagamento de direitos trabalhistas. Autores, como Euclydes Marinho, também recorreram ao sistema judiciário para reivindicar seus direitos.

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.