Ex Atriz da Globo, que emplacou em novelas, afirmou que beleza atrapalhou sua carreira


Estrela da Globo afirmou que beleza atrapalhou sua carreira (Foto Reprodução/Montagem/Internet)
Ex atriz da Globo afirmou que beleza atrapalhou sua carreira (Foto Reprodução/Montagem/Fatos da Tv)

Atriz, que fez sucesso na Globo, desabafou sobre seu trabalho ser subjulgado apena pelos seus atributos físicos

Considerada uma musa da televisão, do teatro e do cinema nas décadas de 70 e 80, Monique Lanfond, hoje segue com a arte mas de uma outra maneira. A atriz começou cedo participando de comerciais da Tv. Aos 11 anos de idade ela atuou no espetáculo “Música Divina Música” que nada mais era que uma versão de “A Noviça Rebelde”

Monique Lanfond era considerada musa entre as décadas de 70 e 80 (Foto Reprodução/Internet)
Monique Lanfond era considerada musa entre as décadas de 70 e 80 (Foto Reprodução/Internet)

Em seu currículo nos palcos, temos “Os Pais Abstratos” que durou por três temporadas, aonde ela atuou com a marcante Darlene Glória, Glauce Rocha e Jorge Dória. E “O Abre Alas”, que era um musical sobre a importante maestrina Chiquinha Gonzaga

No cinema foi ela aonde mais fez sucesso, tendo mais de 40 filmes estrelados, o de maior destaque foi “Eu Matei Lúcio Flávio” que lhe rendeu um prêmio de Melhor Atriz pelo “Air France”, vale mencionar, que dentre essas obras, ela também fez parte da trupe “Os Trapalhões”

Monique Lanfond nos "Trapalhões" ao lado de Renato Aragão e Dedé Santana (Foto Reprodução/Internet)
Monique Lanfond nos “Trapalhões” ao lado de Renato Aragão e Dedé Santana (Foto Reprodução/Internet)

Ela fez sua grande estreia na televisão com o folhetim “Os Ossos do Barão” de 1973, da Globo. Ela esteve presente em “Fogo sobre Terra”, “Bravo” e “A Moreninha”. Como mencionamos, ela fez parte dos “Trapalhões” e chegou na trupe entre o final da década de 70 e começo dos 80.

Monique Lanfond passou pelo SBT, e pela findada Manchete, mas voltou para a Globo em participações como em “Que Rei Sou Eu”, “Quatro por Quatro” e “Coração de Estudante”. Vale mencionar que ela esteve no SBT em “Chiquititas” do ano de 2013.

De atriz para professora

Hoje com 68 anos de idade, ela se dedica ao teatro para crianças e idosos, e iniciou essa atividade há mais ou menos duas décadas. Ela também é sócia de uma produtora de vídeo. Em uma entrevista que ela concedeu ao findado “Vídeo Show” da Tv Globo no ano de 2017, ela relatou sua experiência como professora:

“É um grande resgate, é a forma de as pessoas estarem em exercício. Só estou bem hoje porque dou aula, estou em constante exercício”

Hoje a atriz trabalha com arte porém como professora e se sente realizada na profissão (Foto Reprodução/Internet)
Hoje a atriz trabalha com arte porém como professora e se sente realizada na profissão (Foto Reprodução/Internet)

Ela também aproveitou a oportunidade para desabafar sobre a questão do seu trabalho ter sido subjugado pela sua aparência física:

“Para mim, a beleza atrapalha. Fica um grau de exigência [grande sobre isso], a beleza o tempo todo vem na frente do seu trabalho. Diziam ‘Você tá tão bonita’. E eu pensava assim: ‘Ai que meleca, mas e o meu trabalho?” – Desabafou ela

Vale destacar que apesar desse conceito, ela chegou a posar nua para revistas de público masculino, o que mais deu o que falar foi a da Playboy de 1981, porém ela frisou: “Naquela época a gente usava roupas, adereços, não eram nus explícitos”.

Monique Lanfond na capa da Playboy, edição deu o que falar (Foto Reprodução/Internet)
Monique Lanfond na capa da Playboy, edição deu o que falar (Foto Reprodução/Internet)

 

Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....