Ex-BBB sofre derrota humilhante contra Ratinho, mas promete vingança nos tribunais


Ratinho é ameaçado por ex-BBB (Foto: Reprodução/SBT)
Ratinho é ameaçado por ex-BBB (Foto: Reprodução/SBT)

Ariadna, ex-BBB, perde processo contra Ratinho e anuncia que irá recorrer da decisão judicial

A ex-participante do Big Brother Brasil, Ariadna Arantes, enfrenta um revés legal após perder uma ação judicial contra o apresentador Ratinho, sendo condenada a pagar uma indenização de R$ 20 mil por danos morais. A influenciadora digital, que havia insinuado que Ratinho teria traído sua esposa nos bastidores do SBT, anunciou que irá recorrer da decisão.

+ Globo, à beira do colapso, vende histórica sede no Rio para se transformar em condomínio de luxo

Ariadna alega que não teve a chance de ser ouvida no processo e que não houve audiência. A influenciadora acredita que a decisão não levou em conta o fato de Ratinho ter feito brincadeiras sobre a situação durante um programa ao vivo. Segundo ela, isso não constituiria ofensa à honra, dignidade e danos morais.

+ Apresentador não se cala e expõe tristeza por demissão do SBT: “Queria ficar 15 anos”

Em um post no Instagram, Ariadna compartilhou a sentença e expressou sua insatisfação com o desfecho do caso. Ela declarou que “a Justiça nem sempre é justa” e mencionou as falas polêmicas de Ratinho, afirmando que todo o país está ciente delas.

Ariadna Arantes promete que vai recorrer (Foto: Reprodução)
Ariadna Arantes promete que vai recorrer (Foto: Reprodução)

A origem do processo

O processo teve origem quando Ariadna tentou defender a cantora Anitta durante uma discussão com Ratinho. Na ocasião, a ex-BBB acusou publicamente o apresentador de trair sua esposa em seu camarim na emissora paulistana. A acusação veio após Ratinho criticar uma tatuagem íntima da cantora Anitta, responsável pelo sucesso “Envolver”.

+ Sem permissão para estar no ar e crise: a emissora de TV que acabou sendo obrigada a encerrar transmissões 

A cantora Anitta e Ariadna Arantes (Foto: Reprodução)
A cantora Anitta e Ariadna Arantes (Foto: Reprodução)

Em uma transmissão ao vivo no Instagram, Ariadna reforçou sua intenção de lutar pela justiça e provar sua inocência no caso. Ela demonstrou sentir-se injustiçada pela decisão e declarou que recorrerá até o Supremo Tribunal Federal (STF), caso seja necessário.

A influenciadora também lamentou o fato de ter defendido “amigos” nessa situação, já que, em suas palavras, “ninguém nunca me defendeu e nem defende”.

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.