Ex-galã da Globo, mudou de profissão radicalmente após admitir não ter vocação: “Via gente melhor”


Artista da Globo abandonou as novelas (Foto: Reprodução, Montagem, fatos da TV)
Artista da Globo abandonou as novelas (Foto: reprodução, Globo)

Ex-galã da Globo admite não ter vocação para atuar e muda de profissão

Mesmo depois de participar de 8 novelas na Globo, Paulo Guarnieri não sentiu prazer pela profissão. O herdeiro do ator Gianfrancesco Guarnieri foi galã nos anos 80. Contudo, decidiu abandonar a carreira na TV e abriu um hotel em Paraty, no Rio de Janeiro.

“Eu me critico muito. Porém, não gostava nem de ver em tempo real, na época em que eu fazia novela. Tanto que acabei largando. No fundo, eu não me achava o ator que eu gostaria de ser, via gente melhor”, contou.

“Se eu tivesse a vocação, eu teria batalhado. Quantos atores começaram não muito bem e se tornaram excelentes? Na verdade, eu não tinha vocação. Dessa forma, eu tinha muito prazer em fazer [novelas], mas quando via o resultado, pensava: ‘Não… Posso fazer outras coisas'”, disse ele, em conversa com o “Notícias da TV”.

Assim, a família também percebeu que Paulo não estava seguindo seu caminho. “Minha mulher dizia: ‘Você está meio triste’. Então, eu respondia: ‘Ah, meu Deus, amanhã tem gravação’. Ela mesma começou a falar: ‘Paulo, se você não está feliz, saia, não faça’. Ela tinha razão”, analisa ele.

Entretanto, mesmo afastado da TV há décadas, Guarnieei segue recusando convites. “O SBT, alguns anos atrás, me sondou, mas aí eu não estava a fim mesmo, estava viajando muito. A Record chegou a me sondar duas vezes. Porém, não tenho interesse”, declara.

Paulo Guarnieri
Paulo Guarnieri (Foto: reprodução, Instagram)

O artista começou cedo na televisão

Filho do ator Gianfrancesco Guarnieri, filho de italianos, e da jornalista Cecilia Thompson, de ascendência teuto-escocesa, e irmão de Flávio Guarnieri.

Foi casado com a psicóloga Ana Cristina Costa Lima (1980-1986), com quem teve um filho, Francisco, e com Carmen Lúcia Ramos Guimarães (1987-1991), com quem teve uma filha, Carolina.

Paulo é casado com a artista plástica Hérika Assis Ribeiro desde 1992, com quem teve dois filhos: Lucas e Camila.

Aos doze anos estreou na novela Mulheres de Areia, na TV Tupi, no papel de Tonho da Lua, interpretado por seu pai, quando criança.

Depois, fez várias novelas: Como Salvar Meu Casamento (1979), Plumas & Paetês (1980), Sétimo Sentido (1982), Pão Pão, Beijo Beijo (1983), Vereda Tropical (1984).

Também fez parte de Bebê a Bordo (1988), O Primo Basílio (1988), Rainha da Sucata (1990), Quatro por Quatro (1995), Perdidos de Amor (1996) e dois episódios do programa Você Decide, em 1994 e 2000.

No programa Caso Verdade, apresentou o episódio Meu caso (1984), participou de Um jardim para Dona Estela (1985) e Amanhã é vida nova (1986). Depois, em 1986, participou do episódio O Sequestro de Lauro Corona do programa Tele Tema.

Também, em 2015, o ator volta à televisão na série Quero Ter Um Milhão de Amigos, exibida pelo canal Warner, contracenando com o filho Francisco Guarnieri.

Em 1977, estreia no cinema, em Parada 88 – O Limite de Alerta. Outros filmes dos quais participou foram Amor Bandido (1979), A Rainha do Rádio (1979), Amor de Perversão (1982), Fêmeas em Fuga (1985) e Johnny Love (1987).

Em 2007, retorna ao cinema no filme Feliz Natal, dirigido por Selton Mello.[8] Em 2015, Paulo encenou a peça Irmãos, irmãos… Negócios à parte ao lado do irmão Flávio Guarnieri.

Paulo Guarnieri fez sucesso nas novelas na década de 80
Paulo Guarnieri fez sucesso nas novelas na década de 80 (Foto: reprodução, Globo)
Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.