Ex-integrante do Ratinho detonou o apresentador e disse ter sido jogado na rua com câncer: “Uma decepção”


Apresentador Ratinho. (Foto: reprodução)
Apresentador Ratinho. (Foto: reprodução)

Ex repórter do programa do Ratinho no SBT foi desligado da emissora após 24 anos de casa e em entrevista expôs irregularidades da atração

O famoso jornalista Ney Inácio que trabalhou no programa de Carlos Roberto Massa, mais conhecido pelo nome artístico, Ratinho, se tornou assunto ao falar sobre o apresentador do SBT.

Então, Ney acabou desligado da emissora em agosto de 2020.

Sem papas na língua assim como seu antigo patrão, o ex-repórter do Programa do Ratinho acusou a emissora e o apresentador de fazerem “jogo de empurra”.

O motivo? De acordo com o mesmo, a rede não pagou os valores que a Justiça determinou em causa ganha pelo profissional.

Em entrevista ao TV Foco, Ney Inácio revelou ter acumulado funções enquanto trabalhava na empresa, a serviço da atração noturna, e apontou diversas irregularidades na relação entre ele e os ex-patrões.

Dessa forma, quando acabou dispensado, ele havia sido diagnosticado com câncer de próstata e no rim. Contudo, pouco tempo depois, surgiu um outro tumor, na coluna cervical.

Então, sem dinheiro para realizar o tratamento, o profissional podia ficar paraplégico.

Ney Inácio foi repórter do Programa do Ratinho(Foto: reprodução/ SBT)
Ney Inácio foi repórter do Programa do Ratinho. (Foto: reprodução)

O famoso ganhou a causa

Então, em conversa com o portal, Ney contou que Ratinho teria debochado da situação e até afirmado que ele logo morreria logo.

“E sou obrigado a ouvir do Ratinho: ‘Faz um acordo. Você vai morrer logo, vai plantar cebolinha. Não tem muito tempo. Uma decepção“, contou o ex funcionário do SBT.

“Tá mais pra plantar cebolinha do que eucalipto’. Ratinho tem acordo com o SBT. As dívidas eles dividem. 50% pra cada. Dessa forma, como racham lucros no meio”, explicou Ney Inácio.

“Ganhei a ação, foi favorável a mim. Foram 23 anos de SBT. Acabei demitido no dia do aniversário do SBT, 19 de agosto, via e-mail. Eu sou pessoa jurídica, trabalhava de CLT, inclusive com acúmulo de função e várias outras irregularidades”, afirmou.

“A Justiça acabou vendo eu tinha direito a receber tudo o que merecia, e declarou que eu não poderia ser demitido de forma alguma por conta dos meus dois tratamentos de cânceres, no rim e de próstata”, finalizou o ex  repórter do SBT.

Ney Inácio (Foto: Reprodução/ SBT)
Ney Inácio (Foto: Reprodução/ SBT)
Bruna Alves

Autor(a):

Bruna Alves

Eu sou Bruna Alves, redatora de notícias da televisão e celebridades desde 2016, com passagens em alguns sites da área ao logo desse tempo. No FATOS DA TV, trago notícias com credibilidade e responsabilidade aos leitores, relembrando acontecimentos passados da TV e dos famosos, mas também deixando os leitores atualizados com assuntos da atualidade.