Ex-parceiro de Ratinho foi parar nas ruas e morreu guardando mágoa de apresentador: “Odeio aquele cara”


Humorista Rodela ficou famoso por suas aparições no Programa do Ratinho. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)
Humorista Rodela ficou famoso por suas aparições no Programa do Ratinho. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)

O comediante Luiz Carlos Ribeiro, amplamente conhecido como Rodela, e notório por suas aparições no programa “Programa do Ratinho”, faleceu em São Paulo no dia 2 de dezembro de 2020. De acordo com a equipe de relações públicas do SBT, o parceiro de Ratinho foi internado no Hospital Geral de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, por duas semanas e foi diagnosticado com Covid-19.

Naquela ocasião, a emissora emitiu um comunicado lamentando a perda: “O SBT lamenta profundamente o falecimento do comediante Luiz Carlos Ribeiro, mais conhecido como Rodela, na quarta-feira, 02 de dezembro. Sua confirmação de diagnóstico para Covid-19 foi confirmada”.

No início da noite, ele foi submetido à hemodiálise e sofreu paradas cardíacas, o que o levou a óbito. O SBT expressou solidariedade e ofereceu suas condolências à família, desejando que Deus a console.

Apresentador Gilberto Barros. (Foto: reprodução/TV Foco)
Apresentador Gilberto Barros. (Foto: reprodução/TV Foco)

Humorista guardava mágoa de Gilberto Barros

No entanto, antes de sua morte, em entrevista ao site “Notícias da TV”, o comediante que trabalhava com Ratinho, mas já estava afastado da televisão há algum tempo, afirmou que preferia trabalhar nas ruas, onde ganhava até seis vezes mais do que seu salário nas emissoras por onde passou. “Até hoje eu trabalho na rua e não me arrependo. Faço o que gosto. Há lugares onde, se eu for trabalhar, não ganho o que ganho na rua”, disse ele.

Aliás, seu afastamento da televisão também foi causado por ressentimentos com o apresentador Gilberto Barros, da Record TV. De acordo com o comediante, o colega chegou a prejudicá-lo quando ambos trabalhavam na emissora do bispo no final dos anos 90. “Fiquei engavetado por dois anos por causa dele. Eu odeio aquele cara. Ele é muito falso, nojento e autoritário. Gosta de repreender as pessoas ao vivo”, começou ele.

Rodela ao lado de Ratinho. (Foto: reprodução/Instagram)
Rodela ao lado de Ratinho. (Foto: reprodução/Instagram)

“Ele ficou irritado comigo porque, na época, eu dei uma entrevista em que disse que só fiquei na Record por causa do dinheiro, mas meu apresentador favorito era Ratinho. Ele ficou muito bravo”, finalizou.