Família de queridinha de Silvio Santos vendeu tudo para pagar dívida deixada após seu falecimento

05/07/2024 às 15h05

Por: Wellington Silva
Imagem PreCarregada
Silvio Santos (Foto: Reprodução - SBT)

Artista que trabalhou ao lado de Silvio Santos passou por dificuldades financeiras em seus últimos anos de vida

Artista, ícone das passarelas e reconhecida por suas performances na televisão ao lado de Chacrinha e Silvio Santos, Elke Maravilha faleceu enquanto enfrentava graves dificuldades financeiras.

A celebridade, que nos deixou em 6 de agosto de 2016, aos 71 anos, devido a uma falência múltipla de órgãos, deixou algumas obrigações financeiras pendentes, levando sua família a vender algumas de suas posses valiosas para resolver tais questões econômicas.

Pouco antes de seu falecimento, ela havia perdido um apartamento localizado na Avenida Paulista, uma das áreas mais proeminentes e luxuosas de São Paulo.

Sem alternativa, os parentes de Elke Maravilha optaram por vender alguns de seus itens pessoais, legados pela eterna jurada do Show de Calouros, realizando um bazar com o nome da falecida.

Através de uma página no Facebook, seus familiares anunciaram jóias como anéis, pulseiras, colares, variando de R$ 800 a R$ 8 mil.

Veja também

Túnicas e adornos para a cabeça também foram colocados à venda, com preço de R$ 1 mil, além de uma coleção de perucas listadas entre R$ 200 a R$ 1,2 mil. Os fundos arrecadados acabaram destinados à reforma do apartamento alugado por Elke.

Enquanto as vendas ajudaram a cobrir as despesas e acabaram consideradas úteis, a tristeza pela perda de itens que marcaram a vida da estrela permaneceu.

Elke Maravilha (Foto: Reprodução/ Internet)
Elke Maravilha (Foto: Reprodução/ Internet)

A artista era uma das favoritas do dono do SBT

“Não tínhamos recursos para lidar com essa despesa, pois precisamos devolver alguns pagamentos de aparições VIP que não acabaram honrados. O dinheiro proveniente da venda de alguns itens foi muito útil”, revelou Frederico, um dos quatro irmãos de Maravilha, em agosto de 2017, em uma entrevista ao jornal Extra.

“Cada peça vendida leva consigo um pouco da essência de Elke. Não pensem que é fácil fazer isso”, comentou Maurício Domiciano, amigo da família e organizador do bazar.

Entretanto, Elke Maravilha nasceu em Leningrado, na Rússia, e veio para o Brasil com os pais quando tinha apenas seis anos. Escapando dos horrores da Segunda Guerra Mundial, a família se estabeleceu em Itabira, Minas Gerais.

Em suma, iniciou sua carreira nos anos 60 como modelo. Tornou-se ainda mais conhecida ao participar dos programas de Chacrinha. Após a morte do apresentador, mudou-se para o SBT no final dos anos 90, onde se tornou uma das favoritas de Silvio Santos.

Além de sua atuação como atriz, ela participou de filmes renomados como Chica da Silva (1976). Teve papéis em minisséries globais, como Memórias de um Gigolô (1986), e fez parte do elenco de Luz do Sol (Record 2007).

Também atuou como apresentadora nos anos 90 em seu próprio talk show na TV do Homem do Baú, Silvio Santos.

Elke Maravilha
Elke Maravilha (Foto: Reprodução/ Internet)

SBT
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.