Filha do apresentador Silvio Santos revelou como descobriu que foi adotada: “Eu tinha uma doença”


Apresentador e dono do SBT Silvio Santos, ao lado de suas filhas (Foto: Reprodução)

Muitos talvez não saibam, mas o apresentador Silvio Santos tem uma filha que foi adotada por ele e sua primeira esposa Cidinha

Antes de tudo, Silvia Abravanel, também chamada de Silvinha, ficou bastante conhecida pelo público a partir de 2015, quando começou a comandar o programa infantil Bom dia & Cia. Anteriormente, a filha número dois de Silvio Santos comandou a atração até abril de 2022, quando foi encerrada depois de 28 anos no ar.

Porém, algo que nem todo mundo sabe sobre a vida de Silvia é que na verdade ela é filha adotiva do animador de televisão. Ela foi adotada por Silvio e Maria Aparecida Vieira Abravanel, a Cidinha, primeira esposa do apresentador ainda recém-nascida. Isso ocorreu quando ela tinha apenas três dias de vida, após ter sido abandonada na maternidade em São Paulo.

Apresentador e dono do SBT Silvio Santos, ao lado de sua filha Silvia Abravanel (Foto: Reprodução)

Então, na época, o casal tinha apenas a filha biológica Cíntia. Quando Silvia estava com seis anos, Cidinha faleceu, aos 39 anos de idade, após lutar contra um câncer.

Silvia Abravanel descobriu por acaso, aos 8 anos, que era adotada. E foi o próprio Silvio Santos que esclareceu a situação, ela também reforçou que nunca se sentiu diferente das irmãs, mesmo após o casamento do comunicador com Irís Abravanel. Com a nova esposa, ele teve mais quatro filhas: Daniela, Patrícia, Rebeca e Renata.

Apresentador e dono do SBT Silvio Santos, ao lado de suas filhas (Foto: Reprodução)

A descoberta

“Eu tinha uns oito anos, por aí, e eu ouvi que era adotiva. E perguntei ao meu pai seu eu tinha uma doença chamada adotiva. Meu pai chamou as minhas irmãs Cíntia e Daniela, que eram pequenas, e disse que eu não era filha da barriga da mamãe, mas que eu era filha do coração Segui reto em minha vida, nunca me trouxe problemas, sempre tive orgulho de ter sido adotada, pois é um presente: quem adota recebe um presente, e eu fui um presente do coração”, revelou em entrevista ao programa Eliana.

A diretora também destacou que tem orgulho de ter sido escolhida para carregar o mesmo nome que o patriarca da família Abravanel e considera Silvio Santos seu maior ídolo. “Meu pai é meu exemplo, meu caminho, meu mestre. Tudo de bom que eu me tornei hoje eu aprendi com ele, porque ele sempre foi meu melhor amigo”. Disse por fim.