Filho de Antonio Fagundes escondeu segredo sobre sua origem e agora sabemos o motivo


Bruno Fagundes ao lado do pai, Antonio Fagundes. (Foto: reprodução)
Bruno Fagundes ao lado do pai, Antonio Fagundes. (Foto: reprodução)

Muita gente imagina que, em todos os casos, ser filho de famoso é algo que influencia positivamente na carreira do herdeiro, mas nem sempre é assim. Há casos em que os filhos acabam se sentindo pressionados a atingir o mesmo sucesso dos pais ou sofrerem por não conseguirem ter sua própria identidade, como ocorreu com Bruno Fagundes, filho de Antonio Fagundes.

Apesar de utilizar o sobrenome do pai, o ator de 33 anos, que ganhou destaque recentemente como o vilão Renan de Cara e Coragem, comemora o fato de tocar a sua carreira se desvinculando da imagem do veterano, tendo chegado, inclusive, a mentir sobre sua origem.

“Quando eu era novo, as pessoas me perguntavam se eu era filho dele e eu dizia: ‘Não sou eu. Não sou filho dele, não’. Não por negar isso. Veja bem, eu tenho muito orgulho de ser filho dele”, explicou o galã em entrevista ao site Notícias da TV. “Eu sou apaixonado pelo meu pai. Eu tenho muito orgulho da trajetória dele. Mas com as comparações você demora um pouco para entender a sua identidade. Quando as pessoas se referem a você, elas falam primeiro do seu pai”, completou o ator.

Ator não teve privilégios por ser filho de Antonio Fagundes

Bruno nunca quis se beneficiar do privilégio de ser filho de Antonio Fagundes, que é considerado um dos maiores atores brasileiros de todos os tempos, e sempre teve de batalhar bastante para conquistar seu próprio espaço. O jovem, hoje, não esconde a sua satisfação ao ver o público enxergá-lo de forma independente, algo que começou, curiosamente, a partir de um trabalho que fez juntamente com o veterano, na peça Vermelho.

“Quando eu era novo, as pessoas me perguntavam se eu era filho dele e eu dizia: ‘Não sou eu. Não sou filho dele, não’. Não por negar isso. Veja bem, eu tenho muito orgulho de ser filho dele”, explicou o galã em entrevista ao site Notícias da TV. “Eu sou apaixonado pelo meu pai. Eu tenho muito orgulho da trajetória dele. Mas com as comparações você demora um pouco para entender a sua identidade. Quando as pessoas se referem a você, elas falam primeiro do seu pai”, completou o ator.

O ator, inclusive, ressaltou que tem um estilo bem diferente de Antonio Fagundes, até pela vivência de épocas distintas, quando, segundo ele, o pai não precisou realizar a quantidade de testes que ele foi submetido. “Eu brinco que meu pai nunca fez um teste. Ele não sabe o que é ser testado para fazer um trabalho porque é de uma outra época. Eu perdi a conta de quantos testes eu fiz, de quantos ‘nãos’ levei”, declarou.