Galã da Globo, enquanto lutava contra um câncer, morreu com outra doença letal e notícia chocou o país


Galã da Globo morreu de forma precoce (Foto Reprodução/Montgem/Fatos da Tv)
Galã da Globo morreu de forma precoce (Foto Reprodução/Montgem/Fatos da Tv)

Ator da Globo, enquanto lutava contra um câncer foi vítima de outra doença devastadora que acabou ceifando sua vida

Uma das maiores promessas da Globo, morreu  no dia 14 de julho de 2011, estamos falando de Fábio Pillar, que foi vítima de uma isquemia cerebral há 11 anos atrás. Pra quem não sabe, essa doença bloqueia que leva a interrupção do fluxo sanguíneo no cérebro.

Fábio Pillar em "Baila Comigo" (Foto Reprodução/Globo)
Fábio Pillar em “Baila Comigo” (Foto Reprodução/Globo)

O ator era formado em teatro, e iniciou sua carreira nos palcos no espetáculo Tá na Hora no fim da década de 70, após isso ele fez várias peças de teatro e até mesmo novelas na extinta Tv Manchete, antes mesmo de despontar na Globo.

Por conta de sua longa jornada nos palcos, acabou não acumulando muitos trabalhos na televisão. Mas, quase todos os trabalhos tiveram grandes repercussões e audiência. Seu primeiro trabalho foi em “Baila Comigo”, em 1981, de Manoel Carlos. Em  96, Fábio Pillar fez “Selva de Pedra” e “Bebê a Bordo” em 88. Sua última novela foi “Brida” em 1998. Após isso ainda trabalhou em ‘Os Trapalhões’ e até ‘Zorra Total’.

Andréa Dantas, Fábio Pillar e Fernanda Coelho em "Passa Tempo" em 80 (Foto Reprodução/Internet)
Andréa Dantas, Fábio Pillar e Fernanda Coelho em “Passa Tempo” em 80 (Foto Reprodução/Internet)

Fora das telinhas, Fábio Pillar arrebatou o público com canções das décadas de  30 a 50, na ‘Rádio Nacional- As Ondas que Conquistaram o Brasil’. O CD vendeu mais de 22 mil cópias.

Fábio Pillar morreu aos 50 anos de idade, no Hospital Doutor Badim, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Na época, o ator da Globo estava dirigindo uma temporada de “Eu Sou o Samba”, gênero musical que ele mais gostava. Além disso, segundo familiares, ele já estava a anos lutando contra um câncer.

O galã da emissora carioca foi sepultado no mesmo dia do seu falecimento no cemitério São João Batista, em Botafogo, também no Rio de Janeiro. Vale ressaltar que na época, muitos famosos ficaram em choque com o ocorrido, afinal poucos sabiam da doença que lhe acometera.

Fábio Pillar, Sílvia Bandeira e José Mayer em "Eu Posso?" em 1982 (Foto Reprodução/Internet)
Fábio Pillar, Sílvia Bandeira e José Mayer em “Eu Posso?” em 1982 (Foto Reprodução/Internet)
Lennita Lee

Autor(a):

Lennita Lee

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....