Galvão Bueno sofreu infarto antes de transmissão e revelou quem salvou sua vida


Galvão Bueno sofreu infarto às vésperas de transmissão. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)
Galvão Bueno sofreu infarto às vésperas de transmissão. (Foto: reprodução/Montagem/Fatos da TV)

Galvão Bueno deu detalhes do infarto que sofreu às vésperas de transmissão da Globo

Pela primeira vez em público, Galvão Bueno, reconhecido como um dos mais destacados comentaristas e narradores esportivos do Brasil, compartilhou uma experiência assustadora que vivenciou ao lado de sua esposa, Desirée, durante uma viagem de trabalho ao Peru.

O incidente ocorreu pouco antes da final da Libertadores de 2019, na qual Galvão estava programado para narrar a partida entre Flamengo e River Plate no país. No entanto, devido a uma internação repentina, ele não pôde comparecer.

A história foi revelada durante uma entrevista do casal para o canal do YouTube de Duda Garbi. Desirée iniciou o relato da situação, revelando que ficou apavorada com o que aconteceu. “Foi tão surpreendente porque eu não sou boa em reconhecer quando ele não está bem. Fomos jantar e eu fui dormir enquanto ele ficou mexendo no computador”, explicou ela.

Galvão, por sua vez, contou que decidiu aproveitar a oportunidade para experimentar a culinária peruana um dia antes da equipe. “Foi na noite de quinta-feira, e a final entre Flamengo e River Plate aconteceria no sábado. Narrei a final de 1981 e agora estávamos em 2019. Eu adoro a gastronomia peruana”, relatou.

Galvão ao lado da esposa. (Foto: reprodução/Youtube)
Galvão ao lado da esposa. (Foto: reprodução/Youtube)

Esposa salvou a vida do narrador

Foi então que Desirée relembrou os momentos de terror que passaram. “Ele começou a se sentir mal com coisas que não estamos acostumados a comer ou beber, sentindo-se mal de várias maneiras”, disse ela.

Galvão explicou que, inicialmente, pensou que fosse apenas algo relacionado a comida que não lhe caiu bem, como uma piranha frita que comeu em um restaurante altamente recomendado. Ele não deu muita importância e tentou seguir em frente.

“Tomei um medicamento, deitei, me senti mal novamente e depois melhorei. Foi quando comecei a sentir uma leve pressão no peito, mas nada que parecesse uma cena de filme, era apenas uma pressão leve”, afirmou o narrador.

Desirée falou sobre como tudo aconteceu rapidamente: “Ele dizia que ia melhorar em breve, e eu concordava. Meia hora depois, eu já estava lá embaixo procurando um motorista e o melhor hospital”.

Graças à ação rápida e decisiva de Desirée, Galvão recebeu tratamento médico a tempo e conseguiu se recuperar completamente.