Durante podcast, Giovanna Ewbank revelou a quantidade de parceiros sexuais que já teve


Giovanna Ewbank (Foto: Reprodução/ Instagram)
Giovanna Ewbank (Foto: Reprodução/ Instagram)

Deixando todos em estado de choque, a atriz e apresentadora Giovanna Ewbank falou abertamente sobre seus gostos sexuais e parceiros que já teve

O podcast Quem Pode, Pod, de Gio Ewbank e Fernanda Paes Leme, está fazendo a festa dos fãs do entretenimento com muitas fofocas. Desta vez, a mulher de Bruno Gagliasso resolveu abrir o jogo sobre a própria vida íntima e entregou quantos parceiros sexuais já teve na vida.

“Fiquei com muita gente, transei pouco, transei com cinco pessoas na minha vida”, contou Giovanna Ewbank durante o programa ao lado de Angélica, convidada da semana, e Fernanda Paes Leme.

Programa Quem Pode, Pod, de Giovanna Ewbank com participação de<br />Angélica (Foto: Reprodução)
Programa Quem Pode, Pod, de Giovanna Ewbank com participação de
Angélica (Foto: Reprodução)

A ex-apresentadora da Globo ficou surpresa com a informação. “Taí um negócio que agora me deu tristeza”, brincou ao segurar a mão da amiga. Angélica chegou a pedir que Gagliasso desse um ‘vale night’ para a mulher.

Gio queria mais

Giovanna Ewbank , que já foi traída pelo marido, afirmou que se arrepende de sempre ter sido fiel: “Gostaria de ter transado muito mais. Com um namorado, que eu perdi a virgindade aos 18 anos, eu namorei até aos 20. Depois um ano solteira e, na sequência, comecei a namorar o Bruno e nunca trai. Nesse um ano solteira, eu dei para cinco pessoas diferentes”.

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso (Foto: Reprodução)
Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso (Foto: Reprodução)

A infidelidade de Gagliasso já foi tema logo na estreia do podcast quando o ator foi o convidado. Os dois são casados desde 2010 e chegaram a ficar um tempo afastados por causa da traição. Animados, os dois reataram fazendo amor na escada do prédio do irmão da apresentadora. Porém, o barulho não passou despercebido pelos vizinhos.

“A gente estava empolgado, ficamos dois meses sem se ver e se amando. A verdade é que a gente se amava muito, e o encontro foi ‘pá’, fomos na escada para transar. O cara [vizinho] saiu armado, um delegado, e ouviu um barulho estranho e achou confuso. A gente estava no último andar, na casa de máquina”, lembrou o marido de Giovanna Ewbank.