Globo demitiu protagonista de Verdades Secretas antes do fim da novela e causou a maior confusão: “Nunca vi”


Camila Queiroz protagonizou Verdades Secretas na Globo. (Foto: reprodução)
Camila Queiroz protagonizou Verdades Secretas na Globo. (Foto: reprodução)

Verdades Secretas sempre foi uma novela cercada de polêmicas na Globo, mas pelo seu conteúdo, com muitas cenas para lá de quentes, especialmente na segunda temporada na trama, que deu o que falar na internet. Porém, uma confusão nos bastidores também fez o nome do folhetim ficar em evidência e provocar algo inédito na emissora: a demissão de uma protagonista antes mesmo do fim da novela.

Tudo começou em novembro de 2021, quando Verdades Secretas 2 estava na sua reta final de gravações. Porém, antes mesmo do fim dos trabalhos, a emissora anunciou a demissão de Camila Queiroz, que deu vida à protagonista Angel. Em um tom duro, que não é o seu usual, a Globo afirmou que, devido a um atraso nas gravações, o contrato da atriz precisaria ser estendido por mais uma semana para que os trabalhos pudessem ser concluídos, mas de forma inesperada, ela fez uma série de exigências “inaceitáveis”, e o novo vínculo acabou não sendo firmado.

“Para assinar a extensão de contrato necessária à gravação das cenas finais da novela, Camila Queiroz quis determinar o desfecho da personagem Angel e exigiu um compromisso formal de que faria parte de uma eventual terceira temporada da obra, além de outras demandas contratuais inaceitáveis”, afirmou a Globo no comunicado.

Entre as exigências de Camila, estaria a autonomia para que ela pudesse escolher o desfecho da sua personagem e até a garantia de que atuaria em uma eventual terceira temporada da novela. Acontece que a atriz teria ficado surpresa com os rumos que Angel tomou na trama, bem diferente do que constava na sinopse original do folhetim.

Confusão nos bastidores de Verdades Secretas

Com a saída de Camila Queiroz, o autor Walcyr Carrasco teve bastante trabalho para mudar as cenas finais de Verdades Secretas às pressas. “Nunca vi alguém na reta final dar um problema assim. Então prefiro não falar muito e deixar no ar porque não foi fácil para mim não!”, desabafou o novelista.

Para adaptar os últimos capítulos, a Globo precisou contratar uma dublê e uma equipe de efeitos especiais para utilizar algumas técnicas de computação gráfica que transformou a protagonista em uma espécie de fantasma. Para alívio da produção, Camila já havia gravado algumas cenas do desfecho, o que facilitou a elaboração dos capítulos finais.

Camila se defendeu, acusando a Globo de perseguição, principalmente depois que ela e o marido, Klebber Toledo, decidiram assinar contrato com a Netflix para participar de um reality, algo que já havia feito a atriz perder o seu vínculo longo e de exclusividade com o canal.