Globo entrou em acordo com o governo para produzir folhetim

14/11/2022 às 11h56

Por: Lennita Lee
Imagem PreCarregada
Globo precisou entrar com um acordo com o governo, para conseguir seguir as produções de folhetim (Foto Reprodução/Globo)

Rede Globo precisou entrar em acordo para conseguir “resgatar” seus atores “mirins” nas tramas

A novela “Coração de Estudante”, do ano de 2002, pela Rede Globo, que está sendo exibida no canal Viva (Canal Grupo Globo) precisou firmar um acordo com o Ministério da Justiça para conseguir voltar a ter seus atores mirins em suas produções. Isso porque eles receberam uma proibição de ter atores infantis em suas tramas e séries no inicio dos anos 2000.

A Globo simplesmente teve que “excluir” as crianças que trabalhavam em “Laços de Família”, por exemplo, fazendo com que elas “sumissem” da trama sem nenhum tipo de justificativa.

Novela "Coração de estudante" está sendo reprisada pelo Viva (Foto Reprodução/Globo)
Novela “Coração de estudante” está sendo reprisada pelo Viva (Foto Reprodução/Globo)

Eles, de maneira repentina, colocaram qualquer destino à elas apenas para conseguir dar um desfecho coerente. Quem assistiu deve ter reparado que a “Nina” interpretada pela Júlia Maggessi , neta de “Helena” (Vera Fischer), na trama, foi visitar familiares na Bahia e nunca mais voltou, outro exemplo foi o filho de “Capitu” (Giovanna Antonelli) que entrou em uma creche por tempo integral, e assim foi com todos os demais.

Atores Mirins de "Laços de Família" sumiram da trama da noite para o dia (Foto Reprodução/Globo)
Atores Mirins de “Laços de Família” sumiram da trama da noite para o dia (Foto Reprodução/Globo)

Resolução do problema

O motivo disso é que o Ministério Público do Rio de Janeiro ganhou uma ação movida contra a emissora dos Marinhos, para transferir a novela para o horário das 9 por conter cenas impróprias, além de pedir a imediata retirada das crianças do folhetim.

A Globo até tentou recorrer, mas na época, foi negado e eles tiveram que cumprir a sentença. O impasse só se resolveu, quando ao produzir a novela “Coração de Estudante“, a presença dos atores mirins era extremamente indispensável para a história da trama, sendo assim, eles entraram em um acordo com o governo por meio de um “Termo de Ajustamento e Conduta”, que foi firmado em fevereiro de 2002, juntamente com o “Ministério da Justiça”, para que esses problemas com o órgão na escalação dos menores fosse evitado.

Veja também

O acordo consistia no requerimento de um “alvará” para cada menor que viesse a ingressar no elenco da Globo e participar de suas novelas, com isso, o Juiz da Vara da Infância e Juventude não poderia mais solicitar previamente os textos das produções antes das cenas serem gravadas, o que ficou conhecido como “censura prévia”

Sendo assim, “Coração De Estudante” conseguiu que a participação de suas crianças fossem liberadas sem maiores problemas.

Graças a um acordo. a Rede Globo conseguiu a liberação de produzir a novela "Coração de Estudante" com os atores mirins (Foto Reprodução/Internet)
Graças a um acordo. a Rede Globo conseguiu a liberação de produzir a novela “Coração de Estudante” com os atores mirins (Foto Reprodução/Internet)

Autor(a):

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ....

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.