Globo já viu Big Brother Brasil virar caso de polícia; veja dois momentos polêmicos


Big Brother Brasil já virou caso de polícia (Foto: Reprodução)
Big Brother Brasil já virou caso de polícia (Foto: Reprodução)

Relembre casos polêmicos de edições anteriores do Big Brother Brasil

O Big Brother Brasil já deu início à vigésima terceira edição do programa. Desde 2002, a obra teve muitos momentos marcantes pelo lado positivo, mas também houve outras várias situações que ficaram marcadas na história do programa da Globo pelo lado negativo. Relembre duas delas a seguir:

Participante preso por pedofilia

No BBB16 – que ficou muito famoso pela participação da também ex-Fazenda e ex-Triturando Ana Paula Renault – uma fala do participante Laércio de Moura causou muito impacto no público e na própria Ana Paula.

+ O que houve com a Estelinha de Chocolate com Pimenta? Atriz expôs dificuldade e parou de atuar

O rapaz disse que se relacionava com mulheres mais novas e, inclusive, algumas destas contavam com menos de 18 anos. A Justiça, em meio a situação, deu início à investigação dos fatos.

Certo tempo após a eliminação do programa, Laércio foi detido por sofrer acusação de ter embriagado e estuprado uma adolescente de 13 anos. Preso por estupro de vulnerável, Laércio de Moura foi condenado a 12 anos de reclusão e se encontra na cadeia até hoje.

Ana Paula Paula Renault em discussão com Laércio de Moura no BBB16 (Foto: Reprodução)
Ana Paula Paula Renault em discussão com Laércio de Moura no BBB16 (Foto: Reprodução)

‘Atravessei uma afrodescendente’

Em 2014, mais especificamente no dia 16 de janeiro, o participante do BBB 14, Cássio Lannes, disse à humorista e então atriz Tatá Werneck comentário que foi interpretado pelo público como racista.

Tatá interpretava a personagem Valdirene na novela Amor à Vida e a produção do BBB decidiu colocá-la por dois dias na casa mais vigiada do Brasil. Na festa do reality da Globo, Cássio reparou que Werneck é muito baixa e foi fazer brincadeira com ela.

Ele disse que respondia a processo criminal por ele, em seus 1,97 de altura, ter “atravessado uma afrodescendente”, ao fazer sexo com ela. A piada surgiu porque ele quis saber se Tatá conseguiria se relacionar com alguém de tão alta estatura, visto que não é o caso dela.

Os familiares do participante caracterizavam a fala como “brincadeira idiota” e o chamaram de “sem noção”. Apesar de o caso ter sido denunciado ao MPF-RJ (Ministério Público Federal do Rio de Janeiro), Cássio não recebeu qualquer punição.

Cássio Lannes no BBB14 (Foto: Reprodução)
Cássio Lannes no BBB14 (Foto: Reprodução)
Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.