Globo suspende protocolo e surpreende com transmissão ao vivo de julgamento de Bolsonaro


Cesar Tralli durante comando de boletim informativo da Globo
Cesar Tralli durante comando de boletim informativo da Globo (Foto: Reprodução/Globo)

Globo surpreende ao transmitir ao vivo e de forma gratuita julgamento de Bolsonaro

Durante a cobertura do julgamento que resultou na inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro por oito anos, a Globo adotou medidas excepcionais e quebrou seus protocolos habituais.

A transmissão ao vivo da GloboNews, canal pago vinculado ao Grupo Globo, foi disponibilizada gratuitamente para não assinantes, incluindo também o acesso pelo Globoplay. Normalmente, esse tipo de acesso aberto é reservado apenas para eventos especiais.

+ Jornalista revela que denúncias provocaram a demissão de Manoel Soares: “Insuportável”

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) chegou a um veredicto com base no voto decisivo da ministra Cármen Lúcia, que se juntou à maioria dos ministros para condenar Bolsonaro por abuso de poder político, uso indevido dos meios de comunicação e ataques infundados ao sistema eleitoral.

A principal evidência apresentada foi uma reunião do ex-presidente com embaixadores ocorrida em julho de 2022. Com a condenação, Bolsonaro estará inelegível até o ano de 2030.

+ Terra e Paixão: Jonatas constrange Aline após flagrá-la aos beijos com Daniel, que está noivo de outra

A GloboNews realizou uma cobertura extensiva do julgamento, que se estendeu por quatro sessões até a sexta-feira. O canal transmitiu ao vivo os votos dos ministros e contou com comentários e análises de especialistas políticos.

Bolsonaro ficou inelegível por oito anos
Bolsonaro ficou inelegível por oito anos (Foto: Reprodução/Globo)

Público repercutiu atitude da emissora

Nas redes sociais, os usuários perceberam e comentaram o tratamento especial dado à transmissão pela Globo. Alguns demonstraram alegria pela abertura do sinal da GloboNews para que todos pudessem acompanhar o desfecho do julgamento.

+ Outra! Mulher divulga flerte de Neymar enquanto já estava com Bruna Biancardi

Vale ressaltar que essa atitude foi considerada excepcional, pois o sinal da GloboNews normalmente é restrito aos assinantes da TV a cabo e do Globoplay, sendo disponibilizado gratuitamente apenas em eventos extraordinários, como os ataques de vandalismo em Brasília ocorridos em janeiro de 2022 ou durante o auge da pandemia de Covid-19 em 2020.

Na TV aberta, o Jornal Hoje, apresentado por Cesar Tralli, interrompeu a programação regular da Globo no início da tarde para anunciar que a Corte havia formado maioria no julgamento. Em seguida, o telejornal apresentou uma cobertura completa sobre o desenrolar do caso.

Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.