Globo temeu o pior e não aceitou último pedido de estrela antes de morrer


Janete Clair não conseguiu concluir sua última novela na Globo. (Foto: reprodução)
Janete Clair não conseguiu concluir sua última novela na Globo. (Foto: reprodução)

Doente, Janete Clair pediu a Globo para que seu último folhetim fosse exibido no horário nobre

Janete Clair é considerada a maior autora de novelas da história da televisão brasileira, tendo emplacado inúmeros folhetins de sucesso na Globo ao longo de muitos anos. O último folhetim da autora foi Eu Prometo, que foi lançado em 1983 no peculiar horário das 22h, mas houve um motivo específico para isso.

Acontece que a novelista estava lutando contra um câncer no intestino já em estado avançado e já tinha ciência de que aquela seria a sua última novela. Por isso mesmo, a autora queria se despedir em grande estilo, pedindo a Globo para que a novela fosse exibida no horário das 20h, que a consagrou com folhetins clássicos, como Pai Herói, Selva de Pedra, Pecado Capital e Irmãos Coragem.

A emissora também tinha conhecimento da saúde fragilizada da autora, e temendo que ela não pudesse se dedicar integralmente ao folhetim até o seu final, principalmente pela pressão por audiência no horário, acabou negando o pedido dela. O canal, porém, não queria desprezar aquela que foi uma das suas principais autoras, e por isso mesmo, decidiu resgatar a faixa das 22h apenas para exibir o folhetim dela.

Tarcísio Meira protagonizou Eu Prometo. (Foto: reprodução)
Tarcísio Meira protagonizou Eu Prometo. (Foto: reprodução)

Janete Clair não conseguiu concluir a novela

Para auxiliar Janete Clair na escrita de Eu Prometo, a Globo escalou a novata Glória Perez. O folhetim, no entanto, não teve o mesmo sucesso de outras obras escritas pela autora, que também não conseguiu concluir a história, falecendo no dia 16 de novembro de 1983, aos 58 anos.

Glória assumiu a novela a partir do capítulo 61, tendo a supervisão de texto do marido da autora, Dias Gomes. “Ditava o capítulo que cabia a ela e eu apenas anotava. Ela sabia que estava morrendo (…) Como nos encontrávamos todos os dias, fui acompanhando passo a passo aquele piorar. Quando Janete achou que não chegaria ao fim da novela, ela me deu instruções de como queria que a história terminasse (…) todos os desfechos”, declarou a novelista.

Autora Janete Clair. (Foto: reprodução)
Autora Janete Clair. (Foto: reprodução)

No último capítulo de Eu Prometo, que teve 103 episódios, a Globo preparou uma justa homenagem à Janete Clair, mostrando imagens da autora ao som da música Eternamente, de Gal Costa, e exibindo uma frase escrita por ela: “Eu gostaria que o ser humano acreditasse que existe uma força capaz de mudar sua vida. É bom confiar em si mesmo e esperar um novo amanhecer”.