Globo teve que substituir atriz às pressas após morte chocante: “Toxoplasmose”


Logo da Globo (Foto: Reprodução)

Atriz veterana estava no ar em plena novela da Globo, quando ficou gravemente doente e morreu

Imagina o desespero? A Globo no ano de 2004 estava nas nuvens com a audiência e repercussão alta da novela Senhora do Destino. Naquele período, todos estavam torcendo para Maria do Carmo, protagonista de Susana Vieira, encontrar sua amada filha Lindalva (Carolina Dieckmann) que foi sequestrada por Nazaré (Renata Sorrah).

Porém, nem só de alegrias a Globo viveu naquele ano, uma atriz do elenco da novela acabou falecendo enquanto a mesma ainda estava no ar. Quem? Trata-se de Miriam Pires. A atriz que tinha um olhar marcante por seus olhos azuis claros interpretava a querida empregada de Maria do Carmo, Clementina.

+ Manoel Carlos, com 89 anos, deve seguir aposentado e não realizará um sonho antigo na Globo

Miriam acabou falecendo por toxoplasmose, uma infecção séria, que atingiu o seu cérebro no auge de seus 77 anos enquanto Senhora do Destino estava no ar. A solução da Globo foi pedir para o autor Aguinaldo Silva criar uma personagem que suprisse a ausência de Clementina.

Então na trama chegou Aurélia, personagem interpretada por Cristina Mullins, que era filha da empregada querida. Curiosamente, ainda no começo do projeto, a Globo entrevistou parte do elenco para falar sobre a novela das nove, Miriam entregou que ia adorar sua personagem, pois adorava cozinhar.

+ Humorista revela que teve problemas de saúde ao trabalhar em famoso canal na TV: “Pressão”

“Tem que gostar, ter prazer em preparar a comida. Até um ovo frito tem que ser feito com carinho. O amor é o melhor de todos os temperos”, afirmou em entrevista para o jornal O Globo. Um livro de receitas chegou a ser lançado pela emissora para misturar a realidade com ficção.

Miriam Pires com Susana Vieira no bastidor de Senhora do Destino (Foto: Reprodução/Globo)

CARREIRA

Miriam Pires começou a sua carreira no rádio nos anos 50 e com a chegada da TV, a atriz logo migrou para a TV Paulista onde fez as novelas rápidas Ilusões Perdidas em 1965 e Nuvem de Fogo de 1963.

No começo dos anos 70 foi contratada pela Globo e fez uma enxurrada de trabalhos ao todo 34 entre 1969 e 2004. Miriam também trabalhou na TV Manchete, no SBT e na Band.