Após problemas sérios nos bastidores, Globo troca de diretor e novo chefão tem missão especial


Luciano Huck, João Emanuel Carneiro, Adriana Esteves e Ricardo Waddington (Foto: Fábio Cordeiro/Revista Quem)
Luciano Huck, João Emanuel Carneiro, Adriana Esteves e Ricardo Waddington (Foto: Fábio Cordeiro/Revista Quem)

O diretor da Globo terá carta branca para fazer o que for necessário na emissora

Amauri Soares foi anunciado há pouco tempo como o substituto do diretor dos Estúdios Globo, Ricardo Waddington. Ele ocupará o cargo a partir de junho e vem com a importante missão de reforçar o discurso contra assédio e pró inclusão dentro da emissora. 

+ A atitude corajosa de Fábio de Melo ao se retirar do palco do Domingão após não se conter com situação

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, do Portal Em Off, os casos de assédio sexual e moral e de racismo são muito frequentes dentro da emissora e, aparentemente, haverá diretores demitidos durante o processo de minar qualquer forma de preconceito ou abuso dentro da Globo. 

Amauri recebeu carta branca da família Marinho para fazer o que for necessário, inclusive seu contato com eles será direto. Um dos objetivos da emissora é trazer a diversidade racial existente no país para dentro das produções da casa. 

Um dos fatores que levou Waddington a ser demitido foi o fato de ele não ter sabido conduzir o caso de racismo que ocorreu dentro da emissora durante a novela Nos Tempos do Imperador. O diretor Vinícius Coimbra foi acusado de racismo e o caso investigado pelo Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro (MPT-RJ) conta com Cinnara Leal, Dani Ornellas e Roberta Rodrigues como testemunhas. 

Amauri já participa do dia a dia que seu futuro cargo exige, ao contrário de Ricardo Waddington que está bem distante desta rotina. Na prática, a troca já foi feita, porém no papel ainda não ocorreu. Amauri teria ocupado o cargo de diretor antes mesmo de Waddington, porém isto não ocorreu, devido a questões internas da emissora. 

Ricardo Waddington (Foto: Reprodução)
Ricardo Waddington (Foto: Reprodução)

Trajetória de Amauri Soares

O diretor-presidente da Globo, Paulo Marinho, disse, em comunicado, que Amauri terá muito a contribuir com a Globo na área do entretenimento e também falou da trajetória do profissional. 

+ Briga nos bastidores de “Pantanal” quase terminou em tragédia fatal: “Queria encher ele de porrada”

“Amauri Soares conta com carinho que, quando entrou no Jornalismo da Globo em 1987, a emissora exibia a novela ‘O Outro’, dirigida por Ricardo. Em 15 anos de atuação no Jornalismo, Amauri foi chefe de redação do Fantástico, editor-executivo do Jornal da Globo, editor-chefe do Jornal Nacional, diretor de Jornalismo em São Paulo e diretor-executivo da Central Globo de Jornalismo”, relembrou Paulo. 

+ Famoso cantor se recusa a pisar no programa do Faustão, após situação revoltante que passou com apresentador

“Durante seis anos, foi diretor executivo da Globo Internacional em Nova York. De volta ao Brasil, criou e liderou a diretoria de Eventos da Globo e, na sequência, foi diretor de Programação por sete anos. Com a integração das empresas, assumiu a direção do Canal TV Globo, comandando também a rede formada por nossas regionais e afiliadas em todo o país”, disse o diretor-presidente, ao finalizar a lista de cargos ocupados por Amauri. 

Amauri Soares (Foto: Reprodução)
Amauri Soares (Foto: Reprodução)
Hudson William

Escrevo sobre notícias da TV e das celebridades há muitos anos com passagens, inclusive, por outros portais como TV Foco. Meu objetivo é informar com precisão e clareza.