Humorista da Rede Globo esperou anos para receber grande quantia de dinheiro por plágio


O humorista  da emissora Rede Globo, Rodrigo Sant’Anna, experimentou essa situação pessoalmente ao receber uma compensação financeira que aguardava há um período de nove anos.

Rodrigo Sant'Anna (Foto: reprodução / Instagram)
Rodrigo Sant’Anna (Foto: reprodução / Instagram)

Um dos principais triunfos do ator ocorreu no programa cômico Zorra Total, transmitido pela Rede Globo, onde o humorista desempenhava o papel de Valéria Vasques, uma figura singular e que constantemente reiterava sua expressão característica. “Ai, como eu tô bandida”, que virou mania nacional.

Uma situação relacionada à personagem causou um desconforto em Rodrigo, levando-o a buscar a intervenção do sistema judiciário.

Rodrigo Sant’Anna na Rede Tv

No ano de 2012, enquanto o programa Bastidores do Carnaval era exibido pela RedeTV!, o humorista Tiago Barnabé assumiu o papel da figura conhecida como Vandete, apresentando uma notável semelhança com o estilo característico interpretado por Rodrigo Sant’Anna.

A situação deixou o ator e a Globo bastante incomodados, pois eles acusaram a emissora rival de cometer plágio. A questão foi levada aos tribunais.

Durante o desenrolar do processo, os réus argumentaram que se tratava meramente de uma sátira em relação a Valéria Vasques, e que havia consideráveis distinções em relação ao personagem concebido por Rodrigo, incluindo a vestimenta, estatura, peso e entonação vocal.

No entanto, as reivindicações não foram acolhidas pelo sistema judiciário e a rede de televisão de Amílcare Dallevo foi sentenciada, em um primeiro momento, a desembolsar a quantia de R$ 700 mil à Globo e ao indivíduo em questão.

Novela do processo

Thalita Carauta e Rodrigo Sant’Anna no Zorra Total (Foto: Reprodução Tv Globo)
Thalita Carauta e Rodrigo Sant’Anna no Zorra Total (Foto: Reprodução Tv Globo)

Os advogados da RedeTV! persistiram incansavelmente e recorreram em todos os níveis judiciais no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que posteriormente avançou para Brasília, no Supremo Tribunal de Justiça.

Após transcorridos três anos, um parecer favorável ao comediante foi concedido.

Em 2017, o tribunal determinou que a Globo não experimentou qualquer dano decorrente da transmissão da personagem pela RedeTV!, mas sim Rodrigo Sant’Anna, o indivíduo responsável pela concepção de Valéria Vasques.

A rede de televisão de São Paulo foi sentenciada a compensar o intérprete em R$ 50 mil por prejuízos emocionais. No entanto, a estação não seguiu a determinação judicial, o montante não foi transferido e a trama prosseguiu.

Em 2019, os representantes legais tanto da defesa quanto da acusação chegaram a um consenso para a divisão do débito.

Pagamento

Em outubro de 2020, a magistrada Maria Cristina de Brito Lima, atuante na 3ª Vara Empresarial do Rio, ordenou a apreensão dos fundos financeiros que estavam disponíveis na conta da emissora RedeTV!, devido à sua não conformidade com todas as cláusulas do pacto estabelecido.

No último mês do referido ano, o magistrado Alexandre de Carvalho Mesquita encerrou o caso, garantindo a quantia de R$ 98.831,48 a Rodrigo Sant’Anna. A emissora efetuou o pagamento acrescido de encargos e ajuste monetário, sem qualquer objeção.

“Esse valor já está disponível, só estamos aguardando o mandado de pagamento porque esses trâmites de cartório demoram. Mas já acabou. Resta só o mandado de pagamento”, disse Mariana Burity Martins, advogada do ator, ao Notícias da TV, em 28 de abril de 2021.

Rodrigo Sant’Anna atualmente faz parte do elenco do Multishow e desempenha um papel significativo na produção televisiva intitulada Plantão sem Fim, que foi lançada em 2022.

Lucas Goia

Autor(a):

Lucas Goia