Irene ataca de assassina e tenta matar Aline mais uma vez, mas mocinha tem ajuda do além


Aline e Irene em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)
Aline e Irene em Terra e Paixão. (Foto: reprodução/ Globo)

Aline tem ajuda do além para se safar em Terra e Paixão

Nos próximos capítulos de Terra e Paixão, Irene (Gloria Pires) estará determinada a tirar a vida de Aline (Barbara Reis) a qualquer custo, mas a mocinha contará com uma espécie de ajuda sobrenatural para se safar. O plano inicial envolvia Ramiro (Amaury Lorenzo), que recebeu a ordem de Irene para assassinar a protagonista. No entanto, Caio (Cauã Reymond) interveio e impediu que isso acontecesse.

Em um novo plano maquiavélico, Irene decide servir uma bebida envenenada a Aline, aproveitando-se do fato de ser esposa de Antônio (Tony Ramos) para tentar fazer um acordo com a professora. Porém, Jussara (Tatiana Tiburcio) tem um pressentimento e consegue evitar que a mocinha ingira o líquido venenoso.

Após esse incidente, Aline recebe um alerta do pajé Jurecê (Daniel Munduruku), que ouviu espíritos e percebeu que ela está correndo um grande perigo.

(Foto: reprodução)
(Foto: reprodução)

Vilã tenta matar Aline mais uma vez

Durante uma conversa com Gladys (Leona Cavalli), Irene descobre que Aline tem o hábito de buscar o filho na escola todos os dias em um horário fixo. Com essa informação em mãos, a vilã planeja matar a professora mais uma vez, tentando atropelá-la com um veículo antigo da família, mas acaba mudando de ideia antes de executar o ato.

Em seguida, Irene procura Ramiro novamente e decide dar-lhe mais uma chance como matador. O cúmplice de Kelvin, interpretado por Diego Martins, usa o carro e avança em alta velocidade contra a protagonista. Por pouco, Aline consegue escapar do atropelamento e, assim, sobrevive a mais um atentado.

Vale ressaltar que a novela Terra e Paixão é escrita por Walcyr Carrasco e tem direção artística de Luiz Henrique Rios. O elenco conta com nomes como os de Barbara Reis, Cauã Reymond, Glória Pires, Tony Ramos, Agatha Moreira, Paulo Lessa, Débora Ozório e Rainer Cadete.