Irene vai para cima de Antônio e denuncia morte cruel de Vinícius em Terra e Paixão


Antônio, Vinícius e Irene em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)
Antônio, Vinícius e Irene em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)

Irene denuncia assassinato de Vinícius em Terra e Paixão

Em Terra e Paixão, o ódio consumirá Irene (Gloria Pires) enquanto ela instiga policiais a investigarem o suposto assassinato de Vinícius (Paulo Rocha) até o fim, tudo com o objetivo de ver Antônio (Tony Ramos) atrás das grades. Após Ramiro (Amaury Lorenzo) confirmar a morte do geólogo, a vilã irá à delegacia questionar os agentes da lei, buscando garantir que o fazendeiro seja incriminado.

Ao chegar à delegacia, Irene procurará por Marino (Leandro Lima) e será informada sobre o afastamento dele. Curiosa, questionará a razão de Silva (Carlos Feroli) ainda estar na cadeira de delegado. O policial explicará que aguardam a decisão do processo administrativo que Marino está enfrentando, o que influenciará na escolha do delegado substituto.

A vilã, com um ar de mistério, começará a compartilhar sobre o incidente envolvendo seu marido e ela, mencionando que ele a encontrou com outro homem. Ao ser informada sobre a caçada humana que ocorreu, onde Antônio perseguiu o amante, Irene buscará mais informações sobre a possível morte de Vinícius.

Vinícius em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)
Vinícius em Terra e Paixão. (Foto: reprodução)

Vilã tem esperanças de que Vinícius está vivo

Silva revelará que realizaram buscas, mas apenas encontraram um pedaço de camisa com sangue na mata. A vilã, engolindo em seco, confirmará que o material foi encontrado. Ela questionará sobre a possibilidade de o geólogo ainda estar vivo, buscando uma esperança, mas o policial será cauteloso, indicando que é difícil determinar e que a melhor hipótese seria ele estar escondido em algum lugar.